07 de janeiro de 2011 às 15h52m
Walney Castro: Nos Bastidores do sucesso de Domingos Filho

Assessor muito especial

Não há dúvidas que a Assembleia Legislativa do Ceará teve um dos seus melhores momentos nos últimos quatro anos. A gestão do Deputado e hoje Vice-Governador Domingos Filho (PMDB), fez uma transformação na casa legislativa do Ceará. Por trás, uma equipe de assessores trabalhou incansavelmente para que o sucesso fosse garantido, com destaque para o Assessor Especial da Presidência, Walney Castro (foto). A função até então desconhecida por muitos teve à frente um dos mais influentes e criativos articuladores políticos e um humilde personagem desse sucesso. Aos 43 anos, natural da cidade de Tauá, Walney se destacou pela forma de receber as pessoas sem distinção. Prefeitos, funcionários da casa e lideranças políticas lotavam a sua sala ao lado da presidência para resolver os mais variados problemas. O homem que deveria servir como uma espécie de articulador político da casa, fazendo a ponte entre os políticos e o presidente, fez muito mais do que sua função permitia. Ganhou a amizade de cada um que passava no gabinete, fez um ciclo de amizade imenso que hoje é reconhecido pelos mais diversificados setores do Estado, em especial pelos funcionários da casa.
 
Walney foi grande elo entre “DF” e a sociedade cearense.
 
Saiba mais – Prestes a deixar a função que tão bem conduziu durante quatro anos, Walney se emociona e diz ficar feliz por ter desempenhado seu papel com tanta maestria. O Assessor que também é jornalista por formação, diz que tudo que fez só foi possível porque o Presidente da Casa, Domingos Filho, deu toda autonomia para realizar o trabalho. “Fico feliz pelo reconhecimento. Quando trabalhamos com seriedade e pensando em fazer o melhor, as coisas saem de maneira correta. Limpo as gavetas com o mesmo entusiasmo de quatro anos atrás, porque sei que a melhor herança que consegui foi a amizade e o reconhecimento daqueles que tive o prazer de atender no meu local de trabalho”, ressalta. Durante quatro anos, Walney conheceu os 184 municípios do Ceará, viu de perto as necessidades do povo e pôde levar à Assembleia e ao presidente as necessidades de muitos locais do Ceará. “Sei que minha função é menos que isso, mas, não consigo ficar parado enquanto as coisas acontecem. Quando o Prefeito ou a liderança trazia um problema me sentia na obrigação de conhecer de perto. Sei que não tenho cargo eletivo, mas, a função do assessor é proteger o político e dizer o que deve ser feito para que ele possa receber o reconhecimento e sei que essa parte eu fiz”, acrescenta. 
 
Depoimentos favoráveis – Para o Deputado Estadual Osmar Baquit (PSDB), a presença de Walney na Assessoria Especial da Presidência abriu um espaço para que o diálogo acontecesse. De acordo com o parlamentar, Walney foi muito mais que um assessor. “O Walney ousou. Ele conseguiu fazer com que o mais simples político do interior se sentisse mais próximo do presidente da Casa. Ele abriu as portas da presidência. Como diz o homem mais humilde: quando ele falava era tiro e queda”, diz Baquit. O deputado Téo Meneses (PSDB), também elogiou o trabalho do Assessor. “Ele fez a função de um gerenciador de novas idéias. Não adiantava o Deputado Domingos Filho ter brilhantes idéias se não tivesse pessoas para gerenciar. A idéia do presidente era aproximar a população da casa. Ele conseguiu isso com muita perfeição e a presença do Walney nessa função foi de extrema importância porque ele fala como o povo, sabe ouvir, sabe dialogar, sabe negociar e é dessas pessoas que o parlamento precisa”, ressalta.
 
Tauá sempre na agenda – O amor pela sua terra natal, Tauá, foi visível a cada dia de trabalho, mesmo chegando às sete da manhã, onde uma fila de pessoas já o esperava para serem atendidas, tirava sempre um tempinho para resolver os problemas políticos de sua terra natal e berço político de Domingos Filho. Fora do seu expediente normal, mantinha a rotina de deixar sempre o celular ligado para atender todos aqueles que ligassem. Dividindo ainda seu tempo com os afazeres da faculdade, deixava sempre uma atividade e outra para se dedicar à função que lhe foi confiada. “Ligava para o Walney às dez horas da noite ou às seis da manhã, ele nunca deixou de me atender. Era visível o entusiasmo de trabalhar. A cidade de Palhano conhece o Walney porque ele nunca deixou de nos atender e sempre que podia estava aqui nos visitando. Tenho a certeza que a Assembleia Legislativa só ganhou com o trabalho desse que virou meu amigo pessoal”, ressalta o Prefeito de Palhano Nilson Freitas.
 
Foi bom parceiro – De acordo com o Deputado Fernando Hugo (PSDB), o trabalho de Walney servia de espelho para muitas pessoas. O parlamentar ressalta que nessa função Walney conseguiu o respeito de todos da casa. “Ele sempre estava preocupado com alguém ou com alguma coisa, mesmo tendo afinidade com o Domingos, ele não deixou de manter a relação de profissionalismo com todos os parlamentares. Outro dia estava em casa e o telefone toca. Era Walney me pedindo para resolver um problema de uma pessoa lá do interior no hospital aqui de Fortaleza, e claro, atendi com todo carinho. Digo isso para provar que ele se preocupa com as pessoas e não com o cargo que ora exerce”, diz. O bom relacionamento com a impressa também foi um dos pontos fortes de Walney. Diariamente, radialistas e jornalistas visitavam a sua sala em busca de um foco para as diversas rádios do interior. Sempre assíduo em sua função, nunca deixara de atender a cada um que solicitasse alguma informação. “As esposas de deputados e a Associação dos Servidores da Assembléia Legislativa reconhecem o trabalho de Walney, e diz que a Assembléia ganhou uma nova cara com a gestão Domingos Filho. “O Deputado Domingos Filho tem visão de futuro, sabe escolher as pessoas que devem ficar perto dele. O Walney foi um acerto daqueles que qualquer deputado gostaria de ter e para os servidores da casa sua presença foi de extrema importância”, diz o Presidente da ASSALCE, Luís Edson Sales.
A vez de todos – Para o Ex-Prefeito do município de Ererê, José Romilton Cavalcante, a presença de Walney na presidência representou a aproximação do interior com a Assembléia. Romilton lembra as dificuldades de chegar até outros presidentes quando ainda era prefeito. “Fui prefeito durante oito anos e a dificuldade de chegar até o Presidente da Assembléia era enorme. Isso porque eu ainda era prefeito. E agora que sou um ex-prefeito, me sinto íntimo da Assembléia, isso porque o Walney tem um jeito de lidar com as pessoas e acaba cativando a gente. Ele liga, conversa, visita a gente e isso tudo é apenas a prova de que não há distinção de atendimento por parte desse que para mim foi o grande amigo que consegui no ano de 2010”, diz Romilton. Preste a deixar a função, Walney não cansa de agradecer a oportunidade e diz que se sente honrado em ter exercido um dos cargos mais importantes dentro do legislativo cearense. “Eu só tenho a agradecer, primeiramente ao Deputado Domingos Filho, pela confiança no nosso trabalho, a minha família, por se revelarem companheiros amigos e fiéis nos momentos de dificuldades, a toda minha equipe que estavam comigo dia a dia, aos funcionários, parlamentares e em especial ao povo, que me visitou durante esse tempo e tive a honra de ajudar com uma palavra ou com um gesto. Não estava fazendo mais que minha obrigação. E os outros que não supri as expectativas fica apenas o meu pedido de desculpa e a certeza que fiz o melhor que pude dentro das minhas possibilidades”, diz.
A Assembleia Legislativa do Ceará na Gestão Domingos Filho ousou. O compartilhamento de iniciativas foi o grande foco desse trabalho, e não há dúvidas que o novo Vice-Governador do Ceará hoje é uma das grandes promessas políticas do Estado. Talvez, o grande legado de Domingos seja aproximação do poder com o povo e isso sua assessoria aprendeu a lição e se destacou muito mais do que muitos esperavam.
 

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001