23 de agosto de 2010 às 11h15m
Taíba Reduto apaixonante

Ventos favoráveis não existem para aqueles que não sabem que rumo tomar

Clique para Ampliar

A Taíba tem um pequeno litoral, mas oferece belos cenários para aconchego, lazer, contemplação da natureza e esportes
VIANANE PINHEIRO

Clique para Ampliar

 

 

 

Clique para Ampliar

 A gente simples e acolhedora da Taíba dispensa barreiras e usa a ventania a seu favor. Ergue cataventos pra ganhar energia e, unindo forças com forasteiros ficões, propaga feito rajadas seus cenários, suas cores e sabores para atrair gente de todo lugar. Quem chega respira novos aromas à mesa contemplando belas paisagens, onde, à mercê dos ventos, a vida ganha mais prazer através dos esportes náuticos

Chamada de aldeia verde, a pequena vila de pescadores, na costa de São Gonçalo do Amarante, cresceu ao longo do tempo. O turismo chegou. O lugar ganhou mansões, centenas de casas de veraneio. Mas, o verdor permanece incólume tal qual a tranquilidade e simplicidade que fazem apaixonar.

Há quem diga que a Taíba se mantém autêntica e dispensa modismos. Melhor para quem reside ali e para os que sonham com um lugar sem badalações, onde o contato com a natureza é uma rotina permanente.

O cenário tranquilo oferece larga faixa de praia de águas límpidas em tom verde-esmeralda, sequências de coqueirais, dunas, lagoas cristalinas, piscinas naturais, grutas e outras formações rochosas. Bicas à beira-mar matam a sede, refrescam o corpo e aliviam o calor dos mais de 300 dias de sol por ano.

Do pequeno porto das jangadas ou de junto das grutas da Taíba partem pequenas embarcações orientadas por intrépidos pescadores, que mais tarde trazem o sustento de suas famílias em forma de peixes e frutos do mar. A chegada é o momento de enlace com o visitante, que adquire o pescado ou espera o fim de semana de lua cheia pra saborear o peixe assado na brasa em quenga de coco e servido na palha da bananeira.

A Taíba é sinônimo também de culinária requintada. Restaurantes especializados em gastronomia francesa ocupam espaços generosos na vila no roteiro de prazeres à mesa. Chefs adotaram a praia como morada, misturaram sabores e fizeram nascer a Festa do Escargot e Frutos do Mar, hoje um tradicional evento que movimenta o lugar a cada mês de agosto. É tempo de festa para os paladares de todos que seguem para a vila.

Festa também para o pequeno comércio local, que cresce constante, também impulsionado pelos ventos que trazem à praia centenas de amantes de esportes aquáticos, em particular kite-surfistas, para manobras radicais no mar e nas lagoas cristalinas da Taíba. O céu azul se harmoniza com as cores das velas dos desportistas e a vida passa sem pressa como exige o tempo naquela terra bonita. O sorriso revela a felicidade num momento que se eterniza na memória.


Fonte: Diario on line

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001