20 de agosto de 2010 às 16h34m
III Festival da Sardinha

Considerado um dos mais importantes polos de pesca artesanal do Ceará, a praia da Caponga recebe um evento de gastronomia

 

Clique para Ampliar

A pesca artesanal e a cultura das jangadas e dos jangadeiros se valorizam com a realização do Festival da Sardinha, que chega à 3ª edição em 2010
DIVULGAÇÃO

Clique para Ampliar

A Sardinha é pescada em grande quantidade na Caponga e está sendo destacada no festival, que apresentará, além de saborosos pratos, uma série de atividades paralelas para a comunidade

Agendado para o período de 9 a 12 de setembro próximo, o Festival da Sardinha, realizado na praia da Caponga, no município de Cascavel, chega este ano à sua terceira edição, alcançando status de um dos mais importantes eventos turísticos, gastronômicos e culturais do litoral do Ceará. O grande diferencial do evento é o resgate e a valorização das práticas, representações, expressões, conhecimentos e técnicas que a comunidade reconhece como parte integrante de seu patrimônio cultural, em especial da pesca artesanal e da cultura das jangadas e dos jangadeiros.

Uma das ações que exemplificam essa dimensão cultural do Festival da Sardinha é a realização de um concurso de desenho infanto-juvenil. Com o tema "O que o povo da Caponga faz", as crianças e os adolescentes das escolas da região são estimulados a fazer desenhos mostrando o que, no imaginário delas, representam as práticas culturais locais, gerando, dessa forma, um sentimento de identidade e continuidade, contribuindo para promover o respeito à diversidade cultural e à criatividade humana.

Participaram do concurso 96 crianças e adolescentes de 7 a 17 anos. Os 20 melhores desenhos serão selecionados pela organização do festival e irão estampar as velas das jangadas que participarão da regata de jangadas no dia 12 de setembro. Nesse dia, serão anunciados os vencedores do concurso, que serão premiados com computador, bicicleta, micro system e kits esportivos. As velas serão pintadas por artistas da região. Os desenhos serão apresentados também nos cardápios dos restaurantes e das barracas de praia que participam do festival.

A praia da Caponga é considerada o maior porto pesqueiro de jangadas artesanais do Ceará, com um quilômetro de litoral. São pescados, por mês, 20 mil quilos de sardinha, segundo o presidente da Associação dos Empreendedores de Turismo, Artesanato e Cultura de Cascavel (Assetuc), Mamede Rebouças. "Na Caponga, peixes e lagosta são pescados artesanalmente, sem causar danos ao meio ambiente. Essa cultura é muito importante para nós e é isso que o Festival da Sardinha quer valorizar", diz Mamede.

Concurso de pesca

O Festival da Sardinha promove também um concurso de pesca de sardinha, que será realizado entre os jangadeiros da comunidade no dia 3 de setembro, a partir de 14 horas. O objetivo é incentivar e promover a valorização da cultura pesqueira da região. A previsão é de que participem do concurso 20 embarcações e 40 pescadores. A sardinha pescada nesse dia será comprada pelos barraqueiros da praia para utilização nas diversas receitas de pratos à base do pescado que serão oferecidos aos visitantes do festival.

Amanhã, haverá outra ação que antecede o festival: um concurso gastronômico entre as barracas e restaurantes da Caponga, com jornalistas e formadores de opinião para degustação e indicação do melhor prato à base de sardinha. Vão participar do concurso 17 barracas e restaurantes e cada um irá apresentar um prato diferente. A comunidade e os visitantes, no decorrer do festival, terão oportunidade de degustar sardinhas nos mais diversos tipos de pratos expostos nas barracas distribuídas na Praça de Alimentação do Sardinhão.

Além de todas essas ações, o Festival da Sardinha promove uma preparação especial dos equipamentos turísticos da Caponga, como restaurantes, barracas e meios de hospedagem. Os empresários participam de cursos de "Qualidade no Atendimento" e "Higiene e Manipulação de Alimentos".

O Sebrae no Ceará está por trás dessa capacitação e incentiva o festival, pois a ação beneficia os micro e pequenos negócios da localidade, fortalecendo a economia do município.

Programação

A abertura oficial do festival será no dia 9 de setembro, a partir das 9 horas, com exibição das velas temáticas coloridas, degustação de pratos típicos à base de sardinha e atrações musicais. No palco do festival, as atrações são: Mimi Rocha e Banda; Fabiana Paim e as Cordas que Falam; e a Batucada Elétrica de Oto Jr. No dia 12, domingo, acontece uma regata das jangadas com os desenhos do concurso infanto-juvenil, com a participação de 48 jangadeiros e 24 embarcações. No encerramento do festival, a coordenação divulgará os resultados dos concursos de desenhos, de pesca e da regata cultural, no calçadão.

O III Festival da Sardinha é uma realização da Assetuc, com apoio da Prefeitura de Cascavel, por meio da Secretaria de Turismo, Sebrae/CE, Banco do Nordeste e Ypioca.

MAIS INFORMAÇÕES:
III Festival da Sardinha
De 9 a 12 de setembro, na Praça do Sardinhão (Estrada de Águas Belas).
Informações: (85) 3251.1105


Fonte: Diario on line

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001