27 de abril de 2010 às 17h20m
Boletim CMF

VEREADORES PEDEM PAZ NOS ESTÁDIOS

A violência vista dentro e fora do estádio Castelão, principalmente no último domingo, quando aconteceu o primeiro clássico estadual para definir o campeão cearense de 2010, foi tema do discurso do vereador Marcus Teixeira (PMDB), hoje, 27, na Câmara Municipal de Fortaleza. O parlamentar se mostrou indignado com tanta violência e com a falta de punição. ”É tão difícil educar e punir?” indagou.

O vereador, ainda fazendo o uso da tribuna, defendeu medidas rígidas para punir os integrantes de torcidas organizadas que matam, ferem ou provocam badernas. Marcus ainda citou seu projeto que obriga a realização dos clássicos cearenses às 8h da manhã “Eu tenho esse projeto guardado, mas acredito que se os clássicos acontecessem nesse horário diminuiria muito a violência nos estádios.

Para o vereador Leonelzinho Alencar (PTdoB), a baderna e a violência geradas nos estádios se devem a pessoas que se infiltram nas torcidas organizadas. Ele alertou a polícia para encontros que estão sendo marcados em um site de relacionamento “Quando eu digo que vai ter morte é pelo que tenho visto no Orkut. São grupos rivais marcando confrontos. Se a polícia não estiver lá, vai acontecer o pior” disse Leonelzinho.

O vereador também confirmou a presença dos presidentes das torcidas organizadas do Cearamor e da Torcida Uniformizada do Fortaleza (TUF), na próxima quinta-feira, 29, na Câmara Municipal, para assinar o “Pacto pela Paz.”

SALMITO ANUNCIA PARCERIA ENTRE

O TIME DO CEARÁ E O TRT-7

 

O vereador Salmito Filho (PT), presidente da Câmara Municipal de Fortaleza informou ao plenário, durante a sessão da Casa, hoje, 27, sobre a parceira firmada entre o Ceará Sporting Club e o Tribunal Regional do Trabalho – 7ª Região. Pelo entendimento, o clube vai abrir duas contas bancárias, uma na Caixa Econômica Federal e outra no Banco do Brasil, para que os torcedores possam contribuir financeiramente para que o time quite suas dívidas trabalhistas.

Segundo Salmito, outros times poderão abrir suas contas com o mesmo objetivo. Para incentivar os torcedores cada clube deverá desenvolver campanhas. O presidente destacou a preocupação de outros vereadores com a situação dos times, em especial de Iraguassú Teixeira (PDT), torcedor do Ceará, e Leonelzinho Alencar (PTdoB), do Fortaleza.

 

PLENÁRIO APROVA QUATRO TÍTULOS DE CIDADANIA

 

O Plenário da Câmara Municipal aprovou hoje, 27, quatro decretos legislativos que concedem títulos de cidadania. Os agraciados serão o ex-governador de São Paulo, José Serra (PSDB), o ex-coordenador de Articulação Política da Prefeitura, Waldemir Catanho (PT), a cantora Solange Almeida, vocalista da banda Aviões do Forró, e o brigadeiro Antônio Sampaio (1810-1866).

As matérias foram votadas em bloco, recebendo 29 votos a favor e duas abstenções. Justificando seu voto, o vereador Acrísio Sena (PT) destacou a “pluralidade de pensamentos e ideias” expressa no Plenário no momento da aprovação dos decretos. “Digo com tranquilidade que meu voto sim ratifica a nossa vocação republicana e democrática”.

O vereador, no entanto, ressaltou que seu voto favorável à concessão do título de cidadania a José Serra, que é pré-candidato à Presidência da República, não significa adesão à sua plataforma de projetos.

João Alfredo (PSOL), que se absteve da votação, disse que os títulos de cidadania concedidos em época eleitoral a pré-candidatos configuram um “palanque eleitoral”. “Não tenho compromisso com nenhum dos pré-candidatos à Presidência e tampouco vou propor título de cidadania a Plínio Sampaio”, declarou o vereador, referindo-se ao pré-candidato de seu partido.

Eliana Gomes (PCdoB), que também se absteve, disse que mantinha o respeito pelo vereador Marcelo Mendes, propositor da homenagem a José Serra, mas que não poderia “votar em tucano”.

 

MARCELO JUSTIFICA TÍTULO

DE CIDADÃO A JOSÉ SERRA

 

O vereador Marcelo Mendes (PTC) justificou, hoje, 27, na sessão da Câmara Municipal, seu projeto de decreto legislativo que concede o Título de Cidadão Honorário de Fortaleza ao ex-governador de São Paulo, José Serra. Ele salientou que não conhecia, na história recente do País, outro gestor que tenha sido tão benevolente com o Ceará. Ele citou o Porto do Pecém, Açude Castanhão e o Aeroporto Internacional Pinto Martins.

Essas obras, segundo ele, beneficiam à população de Fortaleza e da Região Metropolitana, que acolhe mais da metade da população do Estado. Como Ministro do Planejamento (1995-1996) e Ministro da Saúde (1998-2002), segundo Marcelo, José Serra teve a oportunidade de alocar recursos para importantes obras estruturais. “Obras que hoje em dia se refletem no aumento do Índice de Desenvolvimento Humano da Capital”, frisou.

Além do sistema de água do Castanhão, Marcelo Mendes afirmou que tiveram participação do ex-governador programas governamentais na área de saúde e de desenvolvimento, como o Prodetur. “Fundos de financiamentos, de desenvolvimento, pró-água, agentes comunitários de saúde, programas de saúde da família e o projeto Alvorada de saneamento. Este último, segundo ele, investiu mais de R$ 400 milhões no Ceará.

A melhor política de combate à AIDS no mundo é do Brasil, na opinião do vereador Marcelo Mendes. Segundo ele, a mesma foi fruto da gestão de José Serra no Ministério da saúde, assim como a campanha nacional contra o fumo.

 

MÁRIO HÉLIO DENUNCIA

PERSEGUIÇÃO POLÍTICA

 

O vereador Mário Hélio (PMN), 2º vice-presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, denunciou, hoje, 27, durante a sessão, que vem sofrendo perseguições por sua candidatura a deputado estadual. Pessoas estranhas, em um carro preto, segundo ele, estão indo à Cidade 2000 e divulgando informações para desqualificá-lo. “Essas pessoas ainda não identificadas estão dizendo nas casas que eu não moro mais na Cidade 2000, que comprei um apartamento na Beira Mar”, afirmou.

As eleições deste ano, na opinião de Mário Hélio, devem ser um momento importante para que a população possa tomar conhecimento das propostas dos candidatos a deputado estadual, deputado federal, senador, governador e a presidente da República. O vereador espera que a campanha seja um embate de alto nível, com a apresentação dos planos de governo para que o eleitor venha a ser mais esclarecido.

Mário Hélio declarou-se magoado com as pessoas que, além de usarem palavras de baixo calão, querem desqualificá-lo como líder comunitário da Cidade 2000, bairro que ele ajudou a fundar e onde mora até hoje. Ele disse, preferindo não citar nomes, que alguns adversários políticos seus estão pagando pessoas para divulgar informações inverídicas, uma delas de que desde que se elegeu vereador, ele não mora mais no bairro

Os adversários chegaram ao pondo, frisou o parlamentar, de dizerem que eu ele contratou dois advogados para soltar os assassinos da empresária Marcela Montenegro. O vereador Salmito Filho (PT), presidente da Câmara, em aparte, manifestou a solidariedade da Casa: “Não aceitamos isso. Tenho percebido há algum tempo essa sua preocupação”, afirmou, observando que as perseguições são na verdade inveja do trabalho que Mário realiza.

 

PAULO FACÓ LEMBRA LUTA DEMOCRACIA,

E CITA DILMA ROUSSEFF

 

O vereador Paulo Facó (PTdoB) lembrou, hoje, 27, na sessão da Câmara Municipal de Fortaleza, a passagem do dia 21 de abril para o País. “Um sonho de liberdade exclamado no século 18 por um grupo de brasileiros de Minas Gerais que queriam a independência nacional e o fim da exploração das nossas riquezas pelos exploradores europeus”, afirmou. Os sonhadores, como Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, são fascinados pelo encanto de mudar a realidade em que vivem.

No tempo da Ditadura Militar, desencadeada pelo golpe militar de 1964, disse o vereador, alguns jovens tiveram a coragem de enfrentar o novo regime. Uns foram para a rua, para a frente da luta, saíram em passeata, picharam muros, assaltaram bancos para arrecadar fundos, sequestraram embaixadores e se meteram nas matas do Araguaia para formar uma guerrilha; “Não era gente fraca e covarde quem escolheu esse caminho, nem estava nessa com objetivos mesquinhos e corruptos”, ressaltou.

Dentre os jovens sonhadores – observou o vereador Paulo Facó – estava uma menina chamada Dilma Rousseff que, diferentemente da maioria das mocinhas de sua idade, ao invés de passar sua juventude assistindo novelas e pregando figurinhas em álbuns de artistas, estava expondo a sua própria vida para enfrentar o regime truculento e torturador que destruíra a democracia brasileira. Dilma é pré-candidata à Presidência da República pelo PT.

Paulo Facó afirmou que algumas “viúvas” da ditadura militar insistem em chamar Dilma Rousseff de terrorista e sequestradora. Segundo ele, talvez porque, em condições iguais e urgentes necessidades patrióticas, jamais tivessem a coragem que a ex-ministra teve de enfrentar a noite para buscar a aurora. “Falta pouco, muito pouco, para que, como ocorreu com Tiradentes, este país coloque em seu merecido lugar aquela que, portadora dos mesmos sonhos do Alferes do Século XVIII foi capaz de expor e oferecer sua vida pela liberdade de seu povo”, finalizou.

 

ROBERTO MESQUITA DEFENDE MAIS CANDIDATURAS

PARA O PRIMEIRO TURNO

 

O vereador Roberto Mesquita (PV), hoje, 27, no plenário da Câmara Municipal, criticou os partidos que nas eleições desse ano, devem optar por não lançar seus próprios candidatos, e sim, apoiar um de outro partido. Para o vereador, os partidos deveriam apresentar suas candidaturas como forma de apresentar suas ideias à sociedade, e não ficar na sombra de um projeto de outro partido.

Diante do atual cenário político do Ceará, Mesquita também afirmou que espera candidaturas que possam confrontar com as ideias do atual do governador do Ceará, Cid Gomes, para que no futuro a população não se arrependa. “No Ceará, estamos vendo uma quase unanimidade, parece que no Estado só existe o projeto do Cid. Os partidos não podem se esconder, temos que mostrar nossos ideias”, sustentou.

Mesquita ressaltou ainda a trajetória política da pré-candidata à Presidência pelo PV, Marina Silva, e afirmou que a ex-senadora já está incomodando. “Mesmo sem espaço para mostrar seus projetos, ela já está com 10% das intenções de voto. Marina Silva é uma possibilidade real de ser presidenta”.

RONIVALDO DESTACA CONFERÊNCIA

SOBRE ECONOMIA SOLIDÁRIA

 

O vereador Ronivaldo Maia, líder da bancada do PT na Câmara de Fortaleza comunicou aos seus pares, hoje, 27, durante a sessão da Casa, a realização da 2ª Conferência Estadual da Economia Solidária. O evento, que deverá contar com mais de 400 participantes, representa o avanço que o Estado do Ceará deu no setor. “Atualmente, estamos perdendo apenas para o Rio Grande do Sul que tem uma experiência mais antiga”, ressaltou.

Destacando a atuação do Banco Palmas, no Conjunto Palmeiras, Maia disse que o Ceará já conta com 28 bancos, que estão contribuindo de forma decisiva para o fortalecimento da economia solidária. “Um total de 200 conferências já foram realizadas no país, mais de 150 delas no Governo Lula”, afirmou, destacando a importância da economia solidária para a geração de emprego e renda dos municípios brasileiros.

As conferências, prosseguiu Ronivaldo, estão discutindo a economia a partir de outros valores, “que não o do capital”. A economia solidária, segundo ele, é uma atividade há muito tempo praticada pela humanidade. Atualmente, esses empreendimentos têm outra perspectiva dada à sua própria organização. Projeto de lei de sua autoria é um marco legal para essa atividade no município de Fortaleza.

COMISSÃO DE LEGISLAÇÃO REALIZA REUNIÃO

EXTRA PARA ATENDER À DEMANDA

 

A Comissão de Legislação, Justiça e da Cidadania, realizou mais uma reunião extraordinária, nessa terça-feira, 27, na Câmara Municipal de Fortaleza. Já é a quinta reunião especial, desde o início dos trabalhos da Casa nesse ano, e a Comissão espera que a promoção dessas reuniões possa diminuir o volume da demanda, que segundo a vereadora Eliane Novais (PSB), presidente da Comissão, é intenso.

A Comissão apreciou 24 matérias, com cinco pareceres favoráveis e três contrários. Dez matérias foram encaminhadas para as comissões de mérito, três tiveram pedidos de vistas e uma foi tirada de pauta pelo próprio autor.

Entre os vários projetos e decretos discutidos na reunião, a presidente da Comissão, Eliane Novais (PSB), destacou o Projeto de Lei que cria o Dia do Cirurgião Dentista, de autoria do Vereador Salmito Filho (PT), presidente da Casa. Participaram da reunião, as vereadoras Eliane Novais (PSB), Eliana Gomes (PCdoB), os vereadores Acrísio Sena (PT) e João Batista (PRTB).

LEGISLATIVO COMEMORA OS 63 ANOS

DO ESQUADRÃO RUMBA

 

A Câmara Municipal de Fortaleza realizou na tarde desta terça-feira, 27, sessão solene em celebração aos 63 anos do 5º Grupo de Aviação Esquadrão Rumba da Base Aérea de Fortaleza. Proposta pelo vereador José do Carmo (PSL), 1º vice-presidente da Casa, a homenagem ressaltou o trabalho social desenvolvido pela Aeronáutica na Capital cearense. O 5º Grupo de Aviação ( 5ºGAv) foi criado pelo decreto 22.802 de 24 de março de 1947. A denominação “Rumba” veio do fato de este ser o código utilizado para manter contato com a torre de controle.

Em 9 de janeiro de 2002, o esquadrão foi transferido da Base Aérea de Natal para a Base Aérea de Fortaleza, a fim de continuar em sua missão de formação de pilotos em aeronaves multimotores. Além de realizar a formação destes, ele realiza missões secundárias de esclarecimento, patrulha e bombardeio. As suas quatro esquadrilhas são denominadas com as notas musicais Dó, Ré, Mi e Fá. Já o seu emblema, que apresenta a expressão “Êta cabra da peste”, foi criado em 1952, pelo 2° Tenente-Aviador Hugo Hélio Corrêa de Barros. O lema do esquadrão é: “ Instruir para o combate”.

“O Esquadrão é a própria história da aviação brasileira”, enfatizou José do Carmo, destacando os avanços tecnológicos, a dedicação dos instrutores e a formação de novos pilotos. O parlamentar também dedicou a homenagem à Base Aérea, que, com o grupo de ação social, vem prestando um relevante serviço às comunidades carentes de Fortaleza.

O Major Aviador e Comandante do 1º Esquadrão do Quinto Grupo de Aviação Esquadrão Rumba, Max Cintra, agradeceu a homenagem, e ressaltou a parceria da aeronáutica com a sociedade civil. “Agradeço a homenagem recebida aqui na Câmara e ela se baseia no reconhecimento do esforço do esquadrão e na consolidação de uma parceria fraterna com os civis da cidade”, pontuou.

A ocasião contou com a presença do comandante da Base Aérea de Fortaleza, Tenente Coronel Ricardo Silva Soares; do comandante da Capitania dos Portos, Capitão de Mar e Guerra Alessandro de Sá Cavalcante; e do procurador da Justiça, José Valdo Silva.

 


Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001