09 de abril de 2010 às 16h14m
Viçosa consolida vocação

O Festival Mel, Chorinho e Cachaça contribui para incrementar o fluxo turístico e geração de negócios, emprego e renda na região

Clique para Ampliar

Viçosa do Ceará destaca-se na paisagem verdejante da Chapada da Ibiapaba, na Zona Norte do Estado, oferecendo atrativos como belo patrimônio histórico e saborosa gastronomia
 

Clique para Ampliar

O Festival Mel, Chorinho e Cachaça aglutina moradores e visitantes em Viçosa do Ceará.

Desde 2004, quando foi eleita Capital da Cultura, o município de Viçosa do Ceará vem figurando como uma das cidades que mais investe em seu patrimônio, sua história e sua música como fontes de geração de emprego e renda através do turismo.

São mais de seis anos de investimento e parcerias, principalmente com o Sebrae no Ceará, através do Escritório Regional em Tianguá. Um trabalho incessante junto aos produtores, donos de bares e restaurantes e pousadas, visando qualificar o turismo e prepará-lo para o desenvolvimento sustentável e permanente.

Agora, em 2010, alguns frutos desse trabalho começam a aparecer. Atualmente, Viçosa do Ceará é o único município da Região da Ibiapaba que possui posto de informação turística funcionando todos os 365 dias do ano. Também é o único e primeiro município da região com um hotel a receber o Selo de Qualidade em Serviços do Sebrae, o Viçosa Hotel de Serra. De acordo com o Escritório Regional do Sebrae em Tianguá, já existem 54 pousadas domiciliares, o que representa um crescimento de cerca de 40% desde que essa atividade começou a existir, em 2007.

A decisão de participar do programa do Selo de Qualidade do Sebrae partiu dos gestores de hospedagem, percebendo a necessidade do aperfeiçoamento e qualificação para a melhoria dos serviços prestados aos clientes e adequar-se aos padrões de qualidade requisitados.

"Ressaltamos que estes empreendimentos receberam consultorias de qualificação e de preparação para receber bem os turistas de forma acolhedora e satisfatória", destaca Suilany Barbosa, analista do Sebrae/CE.

Segundo ela, o marco histórico no contexto turístico de Viçosa do Ceará e na região foi a criação do Festival Mel, Chorinho e Cachaça, em 2007. Graças à qualidade do evento e sua repercussão em nível nacional, explica Suilany, o evento vem, ano a ano, atraindo mais e mais visitantes para o município e não somente mais no período do Festival, mas no decorrer de todo o ano.

"As pessoas são atraídas pelas belezas naturais, clima acolhedor e pela rica história, cultura e artesanato da região. Informações obtidas através da Secretaria de Turismo do município apontam uma estimativa de acréscimo de visitação turística em torno de 30% desde o início do evento", informa Suilany.

Para a analista, este cenário vem proporcionando um grande incentivo para a qualificação dos serviços turísticos no município e, principalmente, no acréscimo de geração de emprego e renda. Exemplos disto, segundo Suilany, são as pousadas domiciliares que surgiram como opção de hospedagem para os visitantes pela pequena estrutura hoteleira existente.

Evolução

Ao longo desses quatro anos, as instituições parceiras contabilizam como uma evolução o fato de algumas dessas pousadas domiciliares já estarem trabalhando no formato de pousada comum, tornando-se empreendimento profissional do setor de turismo.

Somados a isto, também são resultados: o surgimento de agências de turismo, de novos estabelecimentos de hospedagem e a melhoria dos serviços de alimentação, que receberam atenção especial no que diz respeito à qualificação na produção dos alimentos, através das capacitações.

O atendimento ao cliente através de consultorias sobre Postura, Relação Humanas e o Atendimento com Foco no Cliente e Gestão de Restaurantes também foi outra ação promovida pelo Sebrae/CE que compõe o aperfeiçoamento na gestão na área do turismo no município.

O setor de artesanato é outro forte destaque, tendo ênfase o artesanato à base de cerâmica da comunidade do Tope, com peças repletas de história, design, beleza e praticidade. Esse setor recebeu melhoria nos pontos de venda e apresentação dos produtos.

Homenagem a Noel Rosa

A direção do Festival Mel, Chorinho e Cachaça e a Prefeitura Municipal de Viçosa do Ceará em 2010 abraçarão os 100 anos de nascimento de Noel Rosa, celebrando a alma inventiva e irreverente de um dos mestres da Música Popular Brasileira através de homenagens prestadas pela nata da música instrumental cearense, como Italo e Renno, Carlinhos Patriolino e Cainã Cavalcante, Macaúba do Bandolim e Rodolfo Fortes. Tiesco do Trombone, natural de Viçosa e resultado das oficinas de música e do intercâmbio promovidos pelo festival, será a revelação da edição 2010.

Para coroar a beleza da música instrumental brasileira, especialmente o Choro, o Festival apresenta dois grandes nomes no palco da Igreja do Céu: Demônios da Garoa/SP e Armandinho/BA, talentos reconhecidos em todo o País e internacionalmente.

O Festival Mel, Chorinho e Cachaça, de forma inédita e comprometida com o princípio de sustentabilidade que o norteou desde 2007, implementará ações que visem reduzir o impacto ambiental durante os três dias de evento. Assim, a "Oficina Verde" e a "Casa Verde", além de uma série de ações estratégicas, pretendem sensibilizar e mobilizar o público e os moradores de Viçosa do Ceará sobre a importância da responsabilidade sócio-ambiental.

As primeiras atrações se apresentam na sexta-feira, dia 30 deste mês. Porém, na quinta-feira, a cidade já se arruma para receber a todos os apreciadores da música instrumental, das delícias do mel e da cachaça com um dos grandes momentos do festival: a serenata no Centro Histórico de Viçosa do Ceará, dia 29 de abril.

Sempre com fortes parceiros comprometidos com a realização não apenas de um festival mas, sobretudo, de um legado para a cidade de Viçosa do Ceará e seus visitantes, a Prefeitura Municipal e a direção do Festival trazem a participação do Sesc, Sebrae/CE e Semace, desenvolvendo ações que seguem a linha de atuação das instituições.

E para comemorar mais um encontro que mexe com todos os sentidos, o Festival traz uma dose do artesanato e da saborosa culinária viçosense, regados a muito doce, mel, cachaça artesanal; e a cidade cenográfica de Vila Viçosa, reproduzindo uma parte da beleza dos casarões, da história e da vida da primeira cidade erguida no Ceará.


MAIS INFORMAÇÕES:
IV Festival Mel, Chorinho e Cachaça, em Viçosa do Ceará
Período - De 30 deste mês a 2 de maio próximo
Informações: (85) 3283.2495 e/ou (88) 3632.1580
www.melchorinhocachaca.com.br


Fonte: Diario on line

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001