01 de janeiro de 2010 às 22h10m
Fiat lidera ranking dos carros menos poluentes

De uma lista de 402 veículos, entre nacionais e importados, apenas 22 obtiveram a classificação cinco estrelas

 

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) divulgou, no início de dezembro, a atualização da “Nota Verde”, o ranking que aponta os carros menos poluentes fabricados em 2009. A lista classifica os carros de acordo com as emissões de gases do efeito estufa, como o gás carbônico (dióxido de carbono – CO2), óxidos nitrosos e monóxido de carbono.

De uma lista de 402 veículos, entre nacionais e importados, apenas 22 obtiveram a classificação cinco estrelas – pontuação máxima da Nota Verde. Todos tem motores flex e pertencem a cinco montadoras: Fiat, Ford, GM, PSA/Citroën e Volkswagen. A lista foi liderada pela Fiat, que ocupou as seis primeiras posições. O Idea Adventure Dualogic (modelo 1.8, 8v hv) foi o primeiro, seguido por modelos de Palio, Siena e Stilo.

Já os piores colocados são modelos a gasolina e com motores mais potentes, acima de 2.0. Penúltimo e último lugares são ocupados, respectivamente, por Jetta e Jetta Variant, ambos 2.5 a gasolina, da Volkswagen.

“O objetivo da Nota Verde é orientar o consumidor. Queremos que o consumo consciente cresça cada vez mais, e que assim seja criada uma concorrência positiva entre as montadoras, para que produzam carros mais eficientes” – explicou o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, durante a apresentação da lista e dos novos critérios utilizados para indicar os veículos que lançam menos poluentes.

“O consumidor que optar por comprar os carros com cinco estrelas está defendendo não apenas o planeta e o pulmão, mas também o bolso, uma vez que, por serem mais fortes, os veículos mais potentes consomem mais, poluem mais e são mais caros”, afirmou o ministro

“Tenho certeza de que em alguns dias estaremos vendo referências a essas estrelas nos anúncios de venda de carros dos jornais. E se isso não acontecer já no próximo domingo, não vestirei colete durante minha próxima coletiva”, apostou o ministro.

COMO FUNCIONA A NOTA VERDE
Das cinco estrelas utilizadas para ilustrar o ranking, três são para a emissão de poluentes e duas específicas para o CO2.
Para obter as três estrelas relativas a poluentes, o carro precisa apresentar um nível abaixo de 60% dos limites máximos legais para cada um. Se a margem ficar entre 60% e 80%, recebe duas estrelas. E se estiver entre 80% e os limites máximos permitidos, recebe apenas uma estrela.

Quanto à emissão de gás carbônico, o critério considera o combustível utilizado (se for a álcool ou flex já recebe uma estrela) e o nível de emissão de CO2, pelo cano de descarga. Para receber essa estrela o veículo precisa emitir menos de 80 gramas por quilômetro (g/km) do gás.
 

 


Fonte: Jornal O Estado

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001