22 de junho de 2009 às 13h45m
"Pacto Ambiental da Região dos Inhamuns e Sertões de Crateús" - Presença Firme no Seminário PAE-CE

Essa indicação é um reconhecimento aos resultados impactantes na Região dos Inhamuns e Sertões de Crateús onde os MULTIPLICADORES AMBIENTAIS fazem a diferença.

O Pacto Ambiental da Região dos Inhamuns e Sertões de Crateús marcou presença nesta última quinta feira no SEMINÁRIO SOBRE DESERTIFICAÇÃO em Fortaleza, visando a construção do "Programa Estadual de Combate a Desertificação e Mitigação dos Efeitos das Secas (PAE-CE), sendo coordenado pelo Ponto Focal Governamental PAN BRASIL e Núcleo das Águas Subterrâneas-NASUB/SRH.


Várias Instituições presentes e os municípios de Tauá, Independência, Quiterianópolis, Crateús e Arneiroz deram destaque as ações as quais estão sendo desenvolvidas nas duas Regiões onde o Pacto Ambiental autua. A firme defesa por parte do PROGRAMA ADUBA SERTÃO - "O Milagre da Transformação" por Jorge de Moura, foi decisivo para que o mesmo se firmasse como uma das alternativas a serem trabalhadas no âmbito estadual obdecendo as especidades regional. Esse Programa que muda radicalmente a paisagem árida do Semi Árido tem seus impactos nos setores ambientais mais diretamente, no setor social e setor econômico. Outra ação impactantes nessas Regiões, o Curso Para Multiplicadores em Educação Ambiental promovido pela SEMACE/CODAM figura como uma alternativa no quisito de educação ambiental primordial para o êxito do PAE-CE. Essa indicação é um reconhecimento aos resultados impactantes na Região dos Inhamuns e Sertões de Crateús onde os MULTIPLICADORES AMBIENTAIS fazem a diferença.

A ambientalista Maria Dolores de Andrade Feitosa, presidente da Fundação Bernardo Feitosa e Superintendente da SUPERMATA de Tauá, foi outra defensora de ambos programas e também solicitou que os resultados dos Projetos ARIZONA trabalhado pela Universidade do Arizona/EEUU com Instituições Brasileiras entre ela a UFC e CNPq e o Projeto WAVES trabalhado pela Universidade de Munique/Alemanha, tenham seus resultados publicados no Brasil e disponibilizados para a sociedade. Ambos nos dão um Norte para o desenvolvimento de uma ação eficaz no combate a desertificação no Semi Árido e que também recebeu apoio do Pacto Ambiental da Região dos Inhamuns e Sertões de Crateús.
Nascido no município de Indepedência e tendo seus resultados acompanhados de perto pelo Pacto Ambiental que ao ver o êxito desse Programa Inovador não teve dúvidas em priorizar e sensibilizar outros municípios para utilizar a sua aplicação. Essa metodologia eminentemente independenciana está sendo reaplicada nos municípios de Tauá, Novo Oriente, Parambú, Quiterianópolis e Parambú o que é uma vitória para o Prefeito VALDI COUTINHO que é o atual presidente do Pacto Ambiental, que tem o reconhecimento do Projeto Mata Branca/BIRD/GEF/CONPAM.





Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001