19 de junho de 2009 às 17h34m
Scotland Yard vai investigar escândalo de gastos parlamentares no Reino Unido

Polícia vai tentar descobrir se houve uso irregular de verbas públicas. Detalhes das investigações ainda não foram revelados.

A Scotland Yard (polícia metropolitana de Londres), informou nesta sexta-feira *(19) que vai investigar a relação de um grupo de deputados e lordes com o escândalo do uso abusivo de verbas parlamentares que sacudiu a classe política do Reino Unido recentemente.

A Scotland Yard e a Procuradoria do Reino Unido (Crown Prosecution Service, CPS), decidiram abrir uma investigação sobre "o suposto desvio de despesas de um pequeno grupo de deputados e lordes", segundo disse um porta-voz policial.

Embora a polícia não tenha dado detalhes sobre a investigação ou sobre os envolvidos, a imprensa britânica afirma que as atividades se centrarão em políticos acusados de enganar deliberadamente as autoridades ou de reivindicar dinheiro público para "hipotecas fantasmas".

A CPS e a Scotland Yard fecharam um acordo para atuar junto após várias semanas de reuniões para analisar se era válido iniciar uma investigação criminal do escândalo, revelado pelo jornal "The Daily Telegraph" em maio.

Nesta quinta-feira, o Parlamento do Reino Unido passou e divulgar em seu site detalhes das despesas dos deputados desde 2004, embora alguns dados importantes, como os endereços das propriedades dos interessados, tenham sido omitidos.

As autoridades parlamentares se viram obrigadas a publicar estas informações após uma longa batalha legal com uma jornalista que as reivindicou sob o amparo da lei de liberdade de informação, que permite aos cidadãos solicitarem documentos ao governo.

 


Fonte: Da EFE, em Londres

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001