14 de junho de 2009 às 10h04m
Ceará foi o 1º na região em recursos do Mtur

Entre 2003 e 2008, o Ceará foi o Estado nordestino que mais recebeu recursos do Ministério do Turismo.

Foram R$ 334,85 milhões no total, R$ 144,28 somente no último ano. O valor representa 16,6% dos R$ 2,02 bilhões investidos na região durante o período. Em seguida, aparece Pernambuco, com uma fatia de 14,8% — o equivalente a um investimento de R$ 298,72 milhões.

A maior parte dos investimentos realizados em 2008 foi em infra-estrutura turística — quase R$ 121,6 milhões. O montante inclui obras de urbanização (R$ 78,63 milhões), acessibilidade (R$ 18,86 milhões), o Centro de Eventos (R$ 18,40 milhões), fortalecimento institucional (R$ 7,40 milhões) e também aeroportos (R$ 5,50 milhões).

O Ministério do Turismo destaca que o Ceará foi o único estado brasileiro a apresentar duas cartas-consulta no Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur Nacional). Ambas já foram aprovadas pela Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex), totalizando financiamentos de US$ 250 milhões. O Estado também já recebeu as Missões de Identificação e Orientação do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Serão US$ 150 milhões de financiamento pelo BID e mais US$ 100 milhões de contrapartida do Estado. Esse volume de recursos será destinado a três pólos turísticos: a Serra de Ibiapaba, o Maciço de Baturité e o Litoral Leste. Entre as obras a serem realizadas, estão a duplicação da CE-040, entre Iguape e Beberibe, e o alargamento das estradas de Viçosa do Ceará até São Benedito e de Redenção até a cidade de Pacoti.

O saneamento do Porto das Dunas e da Praia das Fontes também será contemplado pelo Prodetur. (ML)
Fonte: Diario on line

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001