16 de maio de 2009 às 09h51m
Reforço no turismo de Caucaia

Primeiro município do roteiro integrado da Costa dos Ventos, Caucaia encanta pelas belezas naturais e atrai turistas do mundo inteiro em busca de aventura nas dunas, nas lagoas e no mar


O município de Caucaia, situado na Região Metropolitana de Fortaleza, distante 17 quilômetros da capital, é o primeiro destino da Costa dos Ventos, roteiro turístico integrado do litoral Oeste que está sendo estruturado pelo Sebrae no Ceará e que envolve, também, São Gonçalo do Amarante, Paracuru, Paraipaba e Trairi.

Considerado um dos mais visitados pelos turistas que entram pelo Ceará via Fortaleza, o município possui belas paisagens de praias, de dunas e mangue. Mas o que faz Caucaia figurar entre as opções imperdíveis para os turistas é mesmo o passeio de buggy sobre as dunas do Cumbuco, com emoção ou sem emoção, dependendo do gosto do visitante.

Lá os visitantes encontram um denso coqueiral com dunas contornando as lagoas do Banana e Parnamirim. Nessas lagoas, ladeadas por restaurantes e outros equipamentos turísticos, é possível praticar esportes náuticos, passear de jet-ski ou banana-boat, ou simplesmente escorregar sobre uma prancha de madeira nas dunas até cair dentro da água.

E a emoção continua também no mar. Com seus ventos fortes e constantes, Cumbuco é apontada como um dos melhores locais do mundo para a prática do kitesurf. A praia oferece uma infra-estrutura, com hotéis, restaurantes e várias escolas de kite. Além do Cumbuco, destacam-se, em Caucaia, as praias de Icaraí, Iparana, Pacheco e Tabuba.

Icaraí é ampla, densamente ocupada com casas e apartamentos de veraneio. É muito procurada por surfistas em busca de ondas perfeitas. A praia do Pacheco, com seu mar agitado e Iparana, com o mar cheio de corais e pedras, compõem a paisagem do litoral do município. A Barra do Cauípe é visita obrigatória, tanto para um simples banho, para apreciar a paisagem ou para se deliciar com os frutos do mar servidos nas barracas.

Outra atração de Caucaia é o Parque Botânico do Ceará, uma das principais áreas de preservação ambiental no Estado. Localizado às margens da CE-090, o Parque é uma reserva natural de 190 hectares rica em vegetação de tabuleiro com muitas plantas e animais típicos da região.

O artesanato de Caucaia, que tem seu pólo na praia do Cumbuco, merece atenção especial, com belas peças que se destacam pela diversidade de cores, formas, materiais e beleza singular.

Costa dos Ventos

O roteiro turístico integrado da Costa dos Ventos é um projeto do Sebrae no Ceará, em parceria com as prefeituras dos municípios e iniciativa privada. As ações do projeto começaram a ser executadas em 2008 e a previsão de conclusão das atividades é dezembro de 2010. De acordo com a gestora do projeto, Sandra Duarte, a idéia é harmonizar a oferta turística dos seis municípios, ampliando a sua competitividade no mercado, sem deixar de respeitar as peculiaridades de cada um.

A busca pela qualidade na prestação dos serviços ao turista e a inserção da comunidade no processo são metas do projeto, que terá sempre em foco a construção de um referencial cultural, principalmente com a inclusão do artesanato como um diferencial mercadológico. ´As ações do Sebrae visam o incremento da comercialização desses destinos enquanto roteiro, e não mais isoladamente, trabalhando não só as empresas mais diretamente ligadas à atividade turística, mas também os segmentos de artesanato e cultura de forma a promover o desenvolvimento sustentável da região´, diz Sandra.

Por isso, o público alvo do projeto são os empreendedores formais e informais dos meios de hospedagem e alimentação, bugueiros, guias de turismo, artesãos e agentes culturais dos cinco municípios. O projeto vai beneficiar cerca de 300 empreendimentos da cadeia produtiva do turismo local, atingindo mais de mil pessoas, gerando emprego e renda.

Todo o planejamento do novo roteiro vem sendo feito desde o ano passado com a participação de técnicos e consultores da instituição. Já foram realizadas várias ações, entre elas palestras, seminários, cursos e apoio a participação a eventos de comercialização e promoção turística, como a BNTM.

As expectativas são de ampliar em, no mínimo, 2% da taxa de ocupação dos meios de hospedagem a cada ano; elevar em 15% o volume médio de vendas dos artesãos; incrementar o fluxo turístico e estimular a formalização das micro e pequenas empresas locais.

PARQUE BOTÂNICO

190 hectares ricos em vegetação de tabuleiro com muitas plantas e animais típicos da região compõem o Parque Botânico do Ceará

Fonte: Diario do Nordeste

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001