08 de maio de 2009 às 18h55m
Seminários discutem a importância da certificação

O Sebrae no Ceará realiza a partir da próxima segunda-feira, 11, no Trairi, um ciclo de seminários sobre o Selo de Qualidade em Serviços.


O objetivo é sensibilizar os empreendedores que atuam na cadeia produtiva do turismo sobre a importância da excelência no atendimento ao cliente e, conseqüentemente, despertar o interesse na participação do programa Selo de Qualidade.

A expectativa é reunir um grande número de empresas localizadas na capital e em outras regiões do Estado para disseminar a cultura da qualidade para os principais pólos turísticos do Ceará. Durante os seminários os consultores mostrarão o poder da qualidade como elemento diferencial para o sucesso da empresa e a importância da segurança alimentar como diferencial competitivo no mercado, além da metodologia e os critérios de participação no programa.

É importante lembrar que a participação no seminário é um pré-requisito para empresas que vão participar pela primeira vez do programa. Ou seja, é imprescindível para essas empresas a participação no seminário para seguir adiante no processo de conquista do selo.

O seminário é uma das ações educativas do programa. Além de ser um diferencial para as empresas, o Selo de Qualidade tem um caráter educativo de grande importância que qualifica o destino Ceará e impulsiona o turismo. Isso porque as empresas que se candidatam ao selo passam por uma bateria de análises em que os consultores do Sebrae avaliam uma série de itens. Caso a empresa não esteja de acordo com os critérios de qualidade estabelecidos no programa, ela recebe orientações do quê ela deve fazer e, principalmente, de como fazer para chegar a um nível mínimo de qualidade.

A avaliação para a concessão do selo é um processo de quase um ano. Os participantes firmam um termo de compromisso com o Sebrae em que se comprometem a receber as visitas técnicas e efetuar as mudanças propostas. Após o seminário, são realizadas visitas não agendadas de técnicos altamente qualificados para avaliar as condições de início do trabalho e ter um parâmetro de evolução ao final do processo.

A partir da primeira visita, é feito um levantamento que é apresentado ao empresário com sugestões de melhorias, se necessário. Caso a avaliação tenha um resultado superior a 80%, o material apurado é enviado diretamente ao Comitê Gestor para receber o parecer final, junto a um relatório de adequações das dificuldades encontradas. Caso o índice seja inferior a 80%, a empresa receberá uma segunda visita técnica. Os aspectos avaliados são: limpeza, estrutura física, serviços e atendimento, cardápios, manutenção preventiva e corretiva, entre outros itens.

Em 2008, candidataram-se 81 empresas de todo o Estado que prestam serviços turísticos nos setores de hospedagem, restaurantes, barracas de praia, e similares. Dessas candidatas, 55 conquistaram o selo.

DATAS DOS SEMINÁRIOS

Trairi - 11/05
Telefone: (85) 3255.6673

Fortaleza - 12/05
Telefone: (85) 3255.6704

Jericoacoara - 13/05
Telefone: (88) 3611.8300

Aquiraz - 15/05
Telefone: (88) 3421.2869

Cascavel 15/05
Telefone : (88) 3421.2869

Tianguá - 18/05
Telefone: (88) 3671.1699

Juazeiro - 19/05
Telefone: (88) 3521.3322

Aracati - 21/05
Telefone: (88) 3421.2869
Fonte: Diario on line

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001