27 de abril de 2009 às 14h47m
Segurança Pública lança “Operação Silêncio”

O lançamento será nesta terça-feira (28), às 11 horas, na sede da SSPDS.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) lança, oficialmente, nessa terça-feira, dia 28 de abril, por meio de sua Coordenadoria de Integração e Planejamento Operacional (Copol), a Operação Silêncio. O secretário Roberto Monteiro presidirá a solenidade de lançamento que está marcada para as 11 horas, na sala da Copol, no andar térreo do prédio da SSPDS. A Operação Silêncio visa reprimir abusos praticados, em número crescente, na Capital e Região Metropolitana de Fortaleza, no tocante à perturbação do sossego alheio. O enfrentamento aos infratores da legislação ambiental será desenvolvido por meio de operações integradas, envolvendo as vinculadas - Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Perícia Forense -, contando com o apoio do Ministério Público, Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Urbanos (Semam) e Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC).

Para alcançar êxito nessa empreitada, a SSPDS promoverá um trabalho permanente de capacitação para os seus operadores, contando com o apoio dos órgãos estaduais e municipais que cuidam do meio ambiente, inclusive do Ministério Público que, por intermédio de suas Promotorias de Meio Ambiente, disponibilizou profissionais para a realização de palestras sobre as legislações que tratam da perturbação do sossego alheio. Paralelo às operações, comissões envolvendo gestores dos órgãos participantes estarão reunidas para avaliações dos resultados e para, se for o caso, mudar ou ampliar as estratégias. A Operação Silêncio será lançada oficialmente nessa terça-feira, no entanto ações preliminares já foram realizadas no município de Maracanaú, onde operadores da SSPDS, com suporte da prefeitura, atuaram no período noturno nos dias 18 e 25 de abril, quando foram efetivados alguns procedimentos que resultaram nos primeiros frutos do trabalho.

A idéia é que, a partir desse lançamento, as ações sejam intensificadas e se estabeleça um combate permanente a todo tipo de poluição sonora. As atividades continuarão sendo desenvolvidas em Maracanaú, município que tem apresentado índice significativo de ocorrências dessa natureza. Ao mesmo tempo, as operações serão realizadas em Fortaleza, com possibilidade de serem estendidas ao interior do Estado, especificamente nas cidades em que se registram mais ocorrências de desrespeito ao meio ambiente e á Lei do Silêncio.

 

Assessoria de Imprensa da SSPDS

Angélica Martins e Nodge Nogueira (ascom@sspds.ce.gov.br / 3101.6518 – 3101.6519 (fax))


Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001