24 de abril de 2009 às 09h24m
Jovens cearenses concluem cursos do projeto ViraVida

Iniciativa oferece alternativa de vida, a partir da formação profissional, a jovens com histórico de exploração sexual. Evento de formatura terá presença da primeira-dama Marisa Letícia

Quarenta e quatro jovens cearenses receberão nessa segunda-feira (27/4) o certificado de conclusão dos cursos Criação & Moda e Produção de Eventos, que integram a etapa-piloto do projeto ViraVida. Eles são os primeiros egressos da iniciativa do Conselho Nacional do SESI, executada no estado pelo SESI/CE. O projeto oferece alternativa de vida, a partir da formação profissional, a jovens entre 16 e 21 anos com histórico de exploração sexual. O evento ocorrerá às 18 horas no La Maison e contará com a presença da primeira-dama Marisa Letícia e do governador Cid Gomes, além de políticos e empresários de todo o país. Na ocasião, haverá desfile de coleções desenvolvidas pelos alunos do curso de Criação & Moda, ministrado pelo SENAI/CE.

Serão 22 concludentes em cada um dos cursos, iniciados em junho do ano passado. Além da educação profissional, o projeto contempla formação básica continuada e disciplinas transversais, abordando direitos fundamentais e cidadania, módulos de incentivo ao empreendedorismo e autogestão. A iniciativa ainda oferece atendimento psicossocial aos participantes e apoio às suas famílias. Esses jovens agora estão qualificados e já saem inseridos no mercado de trabalho ou com apoio para a formação de cooperativas.

Além dos 44 concludentes dos cursos Criação & Moda e Produção de Eventos, outros 60 jovens cearenses estão participando dos cursos de Moda Praia e Moda Íntima, Gastronomia, e Comunicação Digital Básica. Para o segundo semestre deste ano, está previsto o início dos cursos de Informática e Assistente Administrativo, que irão beneficiar outros 50 adolescentes.

Fortaleza foi a primeira capital do país a implantar o ViraVida, seguida por Recife, Natal e Belém. O projeto-piloto foi desenvolvido pelo Conselho Nacional do SESI a partir da Pesquisa sobre o Tráfico de Mulheres, Crianças e Adolescentes para fins de Exploração Sexual Comercial (Pestraf), que aponta mais de 900 municípios brasileiros atingidos por redes de exploração e tráfico de pessoas. Desse total, 292 (31,8%) estão no Nordeste. A pesquisa revela, ainda, que a pobreza é fator preponderante deste fenômeno e que há carência de ações estruturais voltadas a esse público. A partir de julho, o programa fará parte do Sistema S em caráter permanente e em nível nacional.

No Ceará, o ViraVida tem a parceria do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI/CE), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac),  Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Fundação da Criança e da Família Cidadã (Funci), Associação das Prostitutas do Ceará, Convida (Conselho Nova Vida), formado pelas comunidades do Parque Santa Filomena, Conjunto Palmeiras II e Nova Perimetral, e Sociedade Redenção, organização não-governamental que atua na Barra do Ceará.

 

 

Serviço

Evento de conclusão dos cursos Criação & Moda e Produção de Eventos (Projeto ViraVida)

Data: 27/4, às 18h

Local: La Maison Dunas

Informações à imprensa: (85) 3421-5831 (SESI); 3421-5435 (Assessoria de Comunicação do Sistema FIEC)



Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001