24 de abril de 2009 às 06h32m
Mata Branca inaugura na Semana da Caatinga escritório regional em Tauá

A abertura do escritório faz parte das comemorações da semana Estadual da Caatinga.


Por ocasião da abertura da Semana Estadual da Caatinga, foi inaugurado, na Escola Agrícola do município de Tauá, um dos escritórios regionais do Projeto Mata Branca. Ele funcionará de segunda à sexta para atendimento das comunidades que desejam elaborar planos de conservação e gestão sustentável do bioma caatinga. A presidente do Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente, técnica Tereza Farias, declarou que “a missão principal dos escritórios será dar orientação direta aos agricultores, com toda a infra-estrutura logística para tirar dúvidas dos que se habilitarem aos projetos apoiados pelo Mata Branca”. O escritório está dentro da área de intervenção direta do Projeto que abrange inicialmente seis municípios da Região dos Inhamuns.

Tereza Farias destacou que dos 40 projetos analisados pelos técnicos do Mata Branca só 18 tiveram a sua execução aprovada uma vez que os demais não se encontravam dentro dos níveis técnicos de proteção à caatinga. De acordo com ela, o escritório vai suprir essa falha na baixa qualificação do agricultor, através da orientação e acompanhamento dos projetos por especialistas do Conpam que se revezarão com os demais técnicos do outro escritório regional, ainda a ser inaugurado no próximo mês, que ficará no município de Independência.

Lembrou ainda Tereza que os dois escritórios darão suporte ao Previna (Programa Estadual de Prevenção, Monitoramento, Controle de Queimadas e Combate aos Incêndios Florestais), em consonância com a política lançada pelo MMA, Ministério do Meio Ambiente, através do Plano de Mudanças do Clima com o propósito de reduzir a emissão de gás carbônico por queimadas.

Banco Mundial

A Semace e a Ematerce também farão parcerias com os escritórios no tocante a orientação dos agricultores para o manejo florestal e outras ações visando sempre a convivência do homem do campo com o semiárido no processo de austo- sustentabilidade. Para tanto, a Funceme disponibilizará imagens de satélite precisas e com alta resolução.

O Mata Branca pretende, ainda, criar um banco de projetos que serão avaliados por dois especialistas do Banco Mundial dentro de uma política de valoração de serviços ambientais a fim de que os agricultores se habilitem para obter recursos do Fundo de Crédito de Carbono.

Semana da Caatinga

Dentro da programação da Semana Estadual da Caatinga Patativa do Assaré, ainda estão previstos eventos nos municípios de Crateús (hoje 24) e Sobral (dia 27), com culminância na Assembléia Legislativa, em Fortaleza, no próximo dia 28, por ocasião da entrega da Medalha Ambientalista Joaquim Feitosa ao agricultor Luiz Francisco de Souza.

Assessoria de Imprensa do Conpam:

Pedro Gomes de Matos e Ranne Almeida (pedrogomesdematos@gmail.com/ 3101.1233)


Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001