19 de abril de 2009 às 10h30m
Planejamento autoriza concurso para 750 vagas

As oportunidades serão ao cargo de agente, nova denominação dada à função de policial rodoviário federal. Salário inicial de R$ 5.620. Os candidatos deverão possuir nível superior completo para concorrer a uma das vagas para a PRF


Boa notícia para aqueles que aguardam pelo concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) autorizou, na última semana, a corporação a realizar concurso para preencher 750 vagas de agente da carreira de policial rodoviário federal.

De acordo com a autorização, o prazo para a publicação do edital é de quatro meses e o provimento dos cargos deverá acontecer a partir de abril do ano que vem

Nível superior

Ao contrário do que foi exigido nos últimos concursos para a função, os candidatos deverão possuir nível superior completo para concorrer a uma das vagas na próxima seleção.

Isso porque, no ano passado, o vice-presidente, José de Alencar, sancionou uma lei que modificou a escolaridade do cargo de nível médio para superior.

A lei também criou mais 3 mil vagas para a PRF, no entanto, o preenchimento desses cargos restantes dependerá de novas autorizações do MPOG.

Remuneração

Segundo o Ministério do Planejamento, o salário inicial da função previsto é de R$ 5.620,12.

Não há, ainda, uma definição sobre como as vagas serão distribuídas, mas, segundo a autorização, o edital não poderá prever oportunidades para os estados do Pará e de Mato Grosso, já que um concurso realizado em 2008 para essas duas localidades ainda está em pleno andamento.

Concurso anterior

O último concurso realizado pela PRF, em 2007, foi cercado de polêmicas. A seleção, que oferecia 340 vagas, ficou suspenso por alguns meses, pois, no dia em que a prova seria aplicada, em 9 de dezembro de 2007, um homem foi flagrado tentando vender avaliação e gabarito por R$ 40 mil, em São João do Meriti, no estado do Rio de Janeiro.

Houve rescisão de contrato com a organizadora do concurso, o Núcleo de Computação Eletrônica (NCE) da Universidade Federal do Rio de Janeiro, pois a PRF entendeu que houve quebra de sigilo por parte desta empresa.

Após recorrer da decisão, o NCE devolveu o dinheiro referente às inscrições dos 122.400 candidatos e a PRF retomou o concurso, contratando o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) como a nova organizadora do processo seletivo.

As inscrições foram reabertas e as provas foram aplicadas no segundo semestre de 2008.

DADOS

3
mil novas vagas foram criadas por lei, mas dependem de autorização
5.620 reais é o salário para os aprovados neste concurso público
Fonte: Diario on line

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001