17 de março de 2009 às 10h34m
STDS leva projeto de capacitação itinerante para os jovens

O projeto será lançado nesta terça-feira, às 9 horas, na Beira Mar.

O Projeto Primeiro Passo corre pelo Estado e circula levando a qualificação  digital.  O  ônibus  do  Projeto,  gerido  pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), será oficialmente lançado nesta terça-feira, dia  17,  às 9 horas na  Avenida  Beira-Mar.  O  equipamento estará disponível para os estudantes  do  Primeiro  Passo e para os jovens assistidos pelo projeto De Volta  pra  Casa  até  o  dia  30  de  março,  apenas  nos  dias  úteis. Na oportunidade,  os  jovens  da  comunidade  poderão fazer cadastramento para participar do Projeto Primeiro Passo na modalidade Jovem Aprendiz.

Segundo  a  Coordenadora  do projeto, Simone Veras, o objetivo do Ônibus Digital  é  levar  aos  municípios  mais distantes do interior os cursos de qualificação  profissional  e a possibilidade de mais jovens se inscreverem nas  linhas de ação do Projeto (Jovem Bolsista, Aprendiz e Estagiário). Ela explica  que  nesta terça-feira o Ônibus funcionará como uma lan house, com acesso  à  internet,  e-mail, chats de bate-papo, entre outros serviços. "É uma  possibilidade de mostrar aos jovens da Beira-Mar, já atendidos pelo De Volta  pra  Casa  da  STDS,  o que é e como funciona o Primeiro Passo", diz Simone Veras.

Primeiro Passo

Criado  em  setembro  de  2007, o Projeto Primeiro Passo atua promovendo cursos  de  qualificação  profissional  para  jovens,  estudantes de escola pública  do  ensino  fundamental  e médio, com idades entre 16 e 24 anos. O projeto  visa a capacitar e incluir esses jovens no mercado de trabalho, em empresas  públicas e privadas. Para tanto, o estudante pode ser inscrito em umas  das  linhas  de  ação  do  Projeto,  onde ele será treinado em cursos específico,   terá   aulas   regulares  (Jovem  Bolsista)  e,  em  seguida, encaminhado para as empresas parceiras do Projeto.

De volta pra casa

O   De   Volta   pra  Casa  atua  implantando  ações  socioeducativas  e profissionalizantes para 60 jovens e adolescentes de baixa renda da capital cearense.  O  objetivo  do projeto é garantir a inclusão social e produtiva dos  jovens  da  região  da Beira-Mar, focando também suas famílias. Unindo forças  intersetoriais com outras Secretarias Estaduais, empresas privadas, instituições  do  terceiro  setor  e  a  sociedade civil organizada, a STDS amplia  o  combate a pobreza e coloca em prática estratégias para aplacar o estado de vulnerabilidade social da juventude cearense.

 

Assessoria de Imprensa da STDS

Carlos Eugênio (imprensa@stds.ce.gov.br/ 3101.4599 - 2089  - 8878.8510)

Redação: Vinícius Augusto



Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001