05 de março de 2009 às 09h44m
STDS promove Reaparelhamento de Informática de ABCs e Centros Comunitários

Data: 6 de março de 2009 (sexta-feira) - Hora: 9h30min - Local: ABC João XXIII (Travessa Lineu Machado, 350)

Sempre com foco na capacitação, o Governo do Estado, através da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), realiza, no próximo dia 6, sexta-feira, Solenidade de Reaparelhamento de Informática de 18 Projetos Aprender, Brincar e Crescer – ABCs e 10 Centros Comunitários. Ao todo, serão entregues 137 computadores completos que beneficiarão uma média de 2.200 jovens, na faixa etária de 16 a 18 anos, a cada dois meses, através do curso de iniciação à informática que deve começar já na segunda quinzena de março. O primeiro a receber os computadores será o ABC João XXIII.

Os recursos para a compra dos equipamentos são resultado de emenda parlamentar da bancada cearense no Senado, tendo à frente a Senadora Patrícia Saboya. Os ABCs e Centros Comunitários atendem, prioritariamente, beneficiários do programa Bolsa-Família, que estejam freqüentando a escola pública ou jovens que se encontrem em situação de vulnerabilidade social.

Projeto Aprender, Brincar e Crescer – ABCs

O Projeto Aprender, Brincar e Crescer – ABC – é um dos instrumentos da STDS que proporciona serviços socioassistenciais de caráter preventivo e funciona para melhorar a qualidade de vida de crianças e adolescentes. Os ABCs têm por objetivo fortalecer a cidadania do público em situação de vulnerabilidade social, através de atividades sócio-pedagógicas, esportivas, culturais e de lazer. As ações estão definidas nos seguintes eixos estratégicos: Esporte, Alimentação e Nutrição, Incentivo à Escolaridade, Arte e Cultura, Educação Profissional, Família, Participação Social.

Os ABCs funcionam em dois turnos, prioritariamente, manhã e tarde, para melhor atender a faixa-etária prevista, como forma de complementar as atividades escolares. São 18 unidades, em Fortaleza e Caucaia, atendendo 8.400 crianças, adolescentes e jovens. As unidades promovem oficinas de vivências, cursos de iniciação profissional, campanhas, torneios, campeonatos, feiras culturais e científicas, comemorações, festivais, grupos de estudo, palestras educativas, reuniões sistemáticas de interesse das famílias, entre outras atividades.

Centros Comunitários

Os Centros Comunitários prestam serviços à população de baixa renda onde são desenvolvidos programas e projetos na área do trabalho e da ação social. As 10 unidades funcionam na capital, nos turnos manhã e tarde e atendem uma média de 7.800 pessoas. Entre suas principais atividades destacam-se: grupos de convivência para idosos, grupos de adolescentes gestantes, grupos produtivos/artesanais, cursos de qualificação profissional, expedição de documentos básicos, assessoramento às organizações sociais e entidades comunitárias.



Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001