03 de março de 2009 às 14h02m
Valor do ouro para penhor aumenta

Caixa também alterou percentual máximo de empréstimo. Valor mínimo continua sendo de 10% da avaliação do bem.


A Caixa Econômica Federal mudou as regras para fazer empréstimos na modalidade de penhor, sendo a principal delas o aumento do valor do ouro, que passou de R$ 28 para R$ 33. Com isso, quem penhorar uma jóia que pese dez gramas de ouro receberá R$ 330, R$ 50 a mais do que o valor anterior (R$ 280).

A alteração valerá também para os contratos que forem renovados.

O valor do percentual máximo de empréstimo também mudou: passou de 80% para 85%. O valor mínimo continua sendo de 10% da avaliação do bem.

Para obter o empréstimo, é preciso apresentar documento de identidade, CPF e comprovante de residência, além do objeto que servirá de base para a operação, que costumam ser jóias em metais nobres, com ou sem pedras preciosas, relógios de alta joalheria e canetas mais caras. Os prazos de contratação variam de um a 180 dias, o limite mínimo é de R$ 50,00 e o máximo de R$ 50 mil.


Fonte: globo.com

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001