03 de fevereiro de 2009 às 09h50m
Canindé e seus pontos turísticos

Conheça um pouco mais dessa cidade turística cearense.

Denominação

 

Canindés era o nome do povo de uma tribo que habitou a região e era liderada pelo cacique Canindé. Etimologicamente, existem três versões para o nome, são eles: “teu seio”, “tua cama” e “teu manto”.

 

PONTOS TURÍSTICOS

Açude São Matheus

Além dos monumentos religiosos, a cidade dispõe de logradouros agradáveis, inclusive balneários, em torno do Açude São Matheus, com restaurantes e outros locais adequados para o lazer.


Basílica de São Francisco das Chagas

Cartão postal da cidade, a Basílica constitui o principal ponto do turismo religioso em Canindé. A construção da capela primitiva foi iniciada em 1775. No século de XIX, já elevado à condição de Igreja Matriz, o templo passou por grandes reformas. Em 1910, o frade capuchinho Frei Mathias de Ponterânica resolveu empreender a construção do templo atual, encarregando essa tarefa ao arquiteto italiano Antonio Mazzini. Destacam-se também, os magníficos afrescos do pintor italiano George Kau. Em 1923, o papa Pio XI eleva o santuário de Canindé à condição de Basílica.


Estátua de São Francisco

Canindé possui o maior monumento religioso do mundo. A Estátua de São Francisco das Chagas, inaugurada solenemente em 04 de outubro de 2005, mede 30,25 metros. Está situada no Alto do Moinho, o bairro mais elevado da cidade, e pode ser vista por todos que se aproximam da Meca Nordestina.


Praça do Romeiro

Juntamente com a Basílica e a Estátua de São Francisco, a Praça do Romeiro constitui o trio de atrativos mais importantes de Canindé. Gigantesco anfiteatro, com capacidade para 110 mil pessoas, a praça costuma ficar lotada no período de 25 de setembro a 03 de outubro, quando é celebrado o novenário de São Francisco. Neste mesmo complexo, o visitante irá encontrar o Museu e o Zoológico de Canindé.


Convento de Santo Antônio

Situado na Praça Frei Aurélio, é uma notável construção que data do século XIX. Existe também em Canindé, o Mosteiro das Clarissas, para abrigar as Irmãs de São Francisco.


Via Sacra do Monte

Com início na Igreja de Nossa Senhora das Dores e término na ermida do Monte (Igreja de Cristo Rei) a Via Sacra é um dos pontos mais visitados pelos romeiros, que chegam mesmo a conduzir pedras na cabeça de uma estação à outra, para cumprimento de alguma promessa.


Casa dos Ex-votos

Ao lado da Basílica está a Casa dos Milagres, onde os romeiros depositam ex-votos (arte-sacra rústica), fotografias, pinturas, roupas, mechas de cabelo e outros objetos, a fim de registrar graças alcançadas.


Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001