02 de fevereiro de 2009 às 17h30m
Conheça as atrações de Beberibe

Muitas Belezas naturais perto de Fortaleza


COMO CHEGAR

O trajeto de Fortaleza a Beberibe tem 75 km de distância, no máximo, uma hora de carro e duas de ônibus, a empresa São Benedito tem vários horários todos os dias, pela manhã, tarde e noite. Segue pela Av. Washington Soares, até a estrada da Costa do Sol Nascente, a CE-O40. No trajeto o motorista passa pela entrada dos municípios de Eusébio, Aquiraz, Pindoretama e Cascavel, até chegar a Beberibe. A estrada está em boa condição. No caminho há muitas opções de paradas para lanche e almoço.

POTENCIALIDADES TURÍSTICAS

A vocação turística de Beberibe é natural, especialmente se levarmos em conta as condições de beleza de sua costa com 50 km de extensão, recoberta de falésias, dunas, praias e lagos, além da presença de estuários dos rios Choró e Pirangi.

Embora consolidado como uma das principais opções de roteiro no Ceará, para quem procura belas praias de águas cristalinas, o município ainda se da ao luxo de oferecer um rico artesanato, destacando-se o feitio de labirintos e rendas de bilros, tendo nas artesãs praianas, uma atração à parte. O trabalho feito em garrafas e outros recipientes, com as famosas areias multicoloridas das falésias é a forma de artesanato que os turistas mais procuram, mas podem adquirir também utensílios de cerâmica (a chamada louça do barro), feita por artesões locais.

Turismo cultural tem fortalecido as festas populares, garantindo a preservação de suas tradições nas apresentações de bumba-meu-boi; presépio e pastoril no período natalino, alem de outras comemorações religiosas. As festas juninas, com suas quadrilhas, outras manifestações folclóricas como a dança do côco (dançada pelos homens em roda), são também atrativos para os turistas, nos mais diversos períodos do ano.

Por tratar-se de um município praiano, a culinária à base de frutos do mar é famosa, com os pratos à base de lagosta, camarão, diversos tipos de peixe – inclusive a arraia – servidos de várias formas, incluindo a muqueca, o ensopado e diferentes opções de peixada.

O visitante pode encontrar também em Beberibe, todos os pratos comuns à cozinha regional nordestina “paçoca, baião de dois, panelada, buchada e sarapatel, além dos produtos feitos com ingredientes da produção agrícola local (cachaça, mel, rapadura, cajuína, doces, castanha assada do caju; tapioca e farinha – da mandioca; cocada, doce do côco; canjica, pamonha, bolo cuscuz e mungunzá do milho)

PRAIA DO MORRO BRANCO



Onde as falésias, precedidas por um platô, permitem visão panorâmica da costa. Nesta praia, classificada pela Revista Quadro Rodas, como das mais bonitas do litoral brasileiro, as falésias são formadas por sedimentos de barreiras que se transformam em verdadeiras esculturas, feitas através do trabalho erosivo das águas, que formam as cavernas e labirintos. As areias multicoloridas utilizadas como matéria prima para artesanato típico desta praia, são provenientes das camadas variadas de cromaticidade das falésias.

As dunas de areias brancas aparecem por trás das falésias, represando as águas da lagoa no Tracuá onde a cobertura vegetal e exuberante. No povoado da praia de Morro Branco, convivem harmonicamente o núcleo de pescadores, casas de veraneio, pólo de artesanato, infra-estrutura hoteleira, porto de jangadas, barracas, serviços de bares e restaurantes, e a chamada Marina do Morro Branco, pólo de veraneio com apartamentos, casa e equipamentos turísticos. O povoado dista quatro km da sede; possui energia elétrica e seu acesso se faz por estrada asfaltada.

PRAIA DAS FONTES

                   
Esta praia apresenta semelhanças paisagísticas com Morro Branco, e a presença das falésias e dunas que depõem-se num cordão praticamente continuo e paralelo a costa e, estando sobrepostas ao barreiras, funcionam como armazenamento das águas. Estas quando em contato com as camadas inferiores mais resistentes, dão origem as ressurgências que formam as fontes de água doce que jorram das falésias.

Nesta praia encontra-se a gruta da mãe d’água e a lagoa de Uberaba que abastece a sede do município e se destaca em meio ao cenário das dunas.

A faixa de praia é estreita, limitada pela escarpa das falésias, ali localizadas mais perto do mar, dificultando o trafego de veículos – em geral bugres – durante a maré alta.

Núcleo de pescadores, casas de veraneio, ancoradouro de jangadas além de excelente infra-estrutura hoteleira constituída inclusive por um resort. A Praia das Fontes conta com energia elétrica e estrada asfaltada até a parte baixa. A parte alta conhecida como Praia do Diogo. Antes chamada Praia das Freixeiras, está situada a 5km da sede de Beberibe.


Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001