21 de janeiro de 2009 às 13h36m
Presidente Lula sanciona lei que cria Ibram e 425 vagas

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou, nesta terça-feira (20), a lei que cria o Ibram, Instituto Brasileiro de Museus.

Com a chegada do órgão, surgem também 425 vagas para cargos efetivos do Plano Especial de Cargos da Cultura e ainda vagas nas áreas de comissão e funções comissionadas. Segundo a lei que rege sua criação, o Ibram, que terá sede em Brasília, terá a responsabilidade de promover e assegurar a implementação de políticas públicas para o setor museológico.

As vagas criadas consistem em 139 para Analista I, 176 para Técnicos em Assuntos Culturais e 39 para Técnico em Assuntos Educacionais, todos cargos que exigem nível superior dos candidatos. Já para o nível médio, há 74 vagas para Assistente Técnico I. A realização de concurso para preenchimento das vagas dependerá de autorização do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.


Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001