04 de julho de 2008
Secretaria do Esporte do Estado apresenta projetos em audiência pública na AL-CE

    O secretário do Esporte do Estado do Ceará, Ferruccio Feitosa, expôs os projetos e os programas da Sesporte no ano de 2008 à Comissão de Educação Cultura e Desporto da Assembléia Legislativa do Ceará, após requerimento do deputado estadual Artur Bruno (PT). "Antigamente, as políticas voltadas para o esporte se concentravam na Capital. Nós nos voltamos para interiorizar as ações da Secretaria", disse Ferruccio Feitosa.

    Com a presença de profissionais de educação física, associações e entidades ligadas ao esporte no Ceará, o auditório Murilo Aguiar, em capacidade máxima, foi palco das apresentações detalhadas dos sete projetos titulares da Secretaria do Esporte do Estado no Ceará. "O Viva +, Mão Amiga, SuperAção, Bolsa Esporte, Bolsa Atleta de Alto Rendimento, Esporte na Escola e as Vilas Olímpicas são os nossos principais", afirmou Ferruccio.
 
    "Todos os municípios estão contemplados com, pelo menos, um dos projetos", completou. Hoje, a Sesporte atinge mais de 75 mil crianças nos 184 municípios do Estado, envolvendo quase mil empregos diretos.
    O SuperAção está implantado em 233 núcleos (211 no interior e 22 na Capital), atendendo 46.600 crianças por mês no Estado nas modalidades como skate, tênis de mesa, natação, futsal, voleibol, dentre outras.  Além do SuperAção, a Secretaria do Esporte atinge 1.513 atletas carentes com o Bolsa Esporte; 50 esportistas cearenses de destaques nacionais e internacionais com o Bolsa Atleta de Alto Rendimento; 1.000 crianças praticando esportes das 20h às 2h no Viva+ para reduzir os índices de criminalidade em áreas de risco apontadas pelo programa Ronda do Quarteirão e 10 mil pessoas atendidas por fim de semana nos 50 núcleos do Esporte na Escola.
 
    "Mais de R$ 78 mil foram gastos com passagens aéreas só este ano para atletas cearenses competirem no País e fora dele", disse. "O ano em que mais se investiu no esporte tinha sido o de 2006. Hoje, o que nós temos no orçamento é cinco vezes mais do que esse recorde", continuou Ferruccio Feitosa.

    Além da explanação sobre projetos e programas da Secretaria do Esporte do Estado (Sesporte), Ferruccio Feitosa relatou apoios às competições e eventos esportivos e construções e reformas de equipamentos do Estado como as Vilas Olímpicas. "Só no Castelão foram gastos R$ 5,4 milhões [para
manutenção e demais despesas". O titular da Sesporte adiantou ainda que os placares eletrônicos para o estádio entram em licitação no próximo dia 9.

Ívila Bessa
Assessoria de Imprensa da Secretaria do Esporte do Estado do Ceará
3101-4415 e 8732-1976

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001