06 de junho de 2008
Pela primeira vez no Brasil, a corrida mais louca do mundo chega a Fortaleza

    Quarenta equipes do Ceará e de outros estados brasileiros participam do 1º Red Bull Soap Box, uma corrida de carros personalizados (e sem motor algum), onde a criatividade, o trabalho de equipe e a velocidade são essenciais para a vitória.
 
    Realizado pela Red Bull, em parceria com a Secretaria de Esporte e Lazer de Fortaleza (SECEL), o evento irá acontecer neste domingo, 08 de junho, a partir das 10h30, na Avenida Nova Padre Antônio Tomás, na Praia do Futuro.
 
    A primeira corrida do Red Bull Soapbox aconteceu em Bruxelas, na Bélgica, em 2000. Realizada em diversos países, como Austrália, Jamaica, Itália e África do Sul, totalizando mais de 40 corridas disputadas, a competição chega pela primeira vez ao Brasil.
 
As equipes
 
    Cada equipe participante do Red Bull Soapbox pode conter de três a cinco integrantes com idades superiores a 18 anos. Duas pessoas podem descer a ladeira: piloto e co-piloto, que deverão usar capacetes. Os demais irão participar da apresentação inicial e contribuir com aquele empurrãozinho, o "motor de arranque" do Soapbox, fazendo o veículo descer a rampa e dar início ao show.
 
    A performance das equipes, com direito a trilha sonora na apresentação antes da largada, também irá influenciar a nota dada pela comissão julgadora.
 
Os veículos
 
    Os carrinhos devem se limitar às dimensões de 2m de altura, 3m de largura e 6m de comprimento. O peso de toda a estrutura não pode superar os 100kg, para facilitar a remoção do veículo, em caso de quebra ou acidente.
 
    A distância mínima de 15cm entre o chão e o assoalho também deve ser respeitada, para que o carro não fique preso na rampa de largada. Não poderá ser utilizada nenhuma fonte externa de energia para a propulsão do veículo. Por questões de segurança, as máquinas devem estar equipadas obrigatoriamente com algum sistema de freios e uma buzina. Afora os detalhes necessários para que todos tenham a oportunidade de competir em iguais condições e com segurança, os "engenheiros/artistas" têm toda a liberdade na hora de construir seus modelos.
 
A pista
 
    No Red Bull Soapbox a competição não acontece em autódromos. Uma boa ladeira asfaltada é suficiente para a realização da prova. De uma pequena rampa de 1,5m de altura descerá cada um dos carros. O objetivo é completar intacto, e no menor tempo possível, o percurso com 500m de extensão, montado na Avenida Nova Padre Antônio Tomás. Uma curva acentuada promete desafiar a perícia e o talento dos pilotos.
 
 
 
 
Mais informações com o assessor de comunicação da Secretaria de Esporte e Lazer, Bruno Andrade, nos telefones 3254-5309 / 9164-9248.

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001