16 de abril de 2008
Crediamigo contrata 86% das operações de microcrédito produtivo no País em 2007

    O Programa de Microcrédito Produtivo Orientado do Banco do Nordeste, Crediamigo, que este ano comemora 10 anos, contratou 86% das operações de microcrédito produtivo do País, em 2007.  
 
A informação consta de pesquisa realizada pelo Ministério do Trabalho e Emprego, que ouviu mais de 150 instituições de microcrédito em todo o Brasil, contabilizando mais de 90% das operações realizadas no setor. Para o ministro Carlos Lupi, a pesquisa visa "oferecer um diagnóstico completo e permanente sobre o segmento, bem como dar maior transparência às operações de crédito, subsidiando os agentes políticos na elaboração de futuras políticas públicas e reduzindo a assimetria de informações existente entre agentes financeiros e instituições de microcrédito".
 
 
 
    Em 2007, o Crediamigo desembolsou R$ 794,2 milhões, distribuídos em 824,7 mil microempréstimos. Este número representa 86% do total das contratações de microcrédito no País no ano passado (963,4 mil). O percentual sobre para 87% se forem considerados os últimos três anos, quando a quantidade de contratações do Crediamigo e do montante do microcrédito brasileiro foi de 2,1 milhões e 2,4 milhões, respectivamente.
 
 
 
    Durante a atual gestão, iniciada em janeiro de 2003, o Programa contratou R$ 3 bilhões em 3,2 milhões de empréstimos, na posição de março de 2008. Há 10 anos em atuação, o Crediamigo já contratou mais de 4,2 milhões de operações de microcrédito, já tendo atendido mais de 803,3 mil clientes.
 
 
 
    Segundo recente estudo publicado pela Fundação Getúlio Vargas (http://www3.fgv.br/cps/crediamigo), o acesso ao crédito aos empreendedores informais da Região Nordeste aumentou bem mais do que o do restante do País, e mais da metade (60,8%) dos clientes do Crediamigo saíram da linha da pobreza e deixaram para trás sua condição de miserabilidade.
 
 
 
    O Programa oferece serviços financeiros, incluindo crédito para capital de giro e investimentos, conta-corrente, seguros e assessoria empresarial, e utiliza principalmente metodologia de concessão do crédito baseada no aval solidário. O objetivo do Crediamigo é contribuir para o desenvolvimento do setor microempresarial, assegurando novas oportunidades de ocupação e renda, de forma sustentável, oportuna, adequada e de fácil acesso. “A meta do Programa é atingir 1 milhão de clientes até 2011, cerca de 25% do mercado elegível do setor informal nos municípios de atuação”, informa o superintendente de Microfinanças e Programas Especiais do BNB, Stélio Gama.
 
 
 
BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S/A
Ambiente de Comunicação Social
Fone: (85) 3299-3149
 
 
 
 

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001