23 de junho de 2022 às 10h34m
Governadora Izolda Cela dá boas-vindas a mais de 2.400 alunos do Curso de Formação de Soldados da Polícia Militar do Ceará

Nesta quarta-feira (22), o Governo do Ceará iniciou o Curso de Formação de 2.415 aprovados no Concurso de Soldados da Polícia Militar do Ceará.

A aula inaugural contou com as presenças da governadora do Ceará, Izolda Cela, do secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Sandro Caron, do coronel comandante-geral da Polícia Militar, Márcio Oliveira, e do diretor geral da Academia Estadual de Segurança Pública (Aesp), coronel Clairton Abreu.

A governadora destacou que a solenidade de hoje tem um sentido de responsabilidade, pelo número de policiais que ingressam na corporação. “O sentimento hoje é de dever cumprido com os novos policiais militares, pois denota um grande investimento, no caso voltado para o incremento, aumento e fortalecimento da corporação. Nosso governo vem fazendo isso ao longo desses anos, e fazemos porque entendemos a importância de fortalecer cada vez mais as condições de trabalho, de estruturas e de organização das corporações”, apontou Izolda Cela.

Este foi o primeiro concurso da Polícia Militar que contou com cotas para negros (20%) e que ampliou a cota de mulheres para 15%, o que aumentará a representatividade da corporação desses dois grupos.

“Vocês foram os escolhidos para essa missão por mérito, e vocês foram os melhores, entre os melhores em todas as fases até chegar hoje aqui. Vocês que integram hoje o sistema de segurança receberão os melhores treinamentos e os melhores equipamentos para defender o povo cearense. A Polícia ideal é aquela que é admirada e respeitada pelos cidadãos, mas que ao mesmo tempo é temida pelos criminosos. Vocês serão um grande reforço ao time da segurança pública do Estado com máxima dedicação e empenho”, ressaltou o titular da SSPDS.

A chegada dos novos PMs representa um o incremento de 13% dos quadros da Polícia Militar, o que possibilitará a expansão de programas como a interiorização do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) para cidades com mais de 25 mil habitantes e de bases do Proteger (Programa Estadual de Proteção Territorial e Gestão de Risco). Além disso, o Governo do Ceará já anunciou um novo concurso para 1 mil vagas.

“Quero deixar uma mensagem aos neo-integrantes da corporação. Que sejam valorosos integrantes, que possam ser devotados, que respeitem a nossa corporação, respeitem os seus valores notadamente da hierarquia, da disciplina, do amor à causa policial militar. Que a gente possa logo em breve com a formação concluída e mesmo durante a formação nos períodos de estágio levar ao cidadão cearense mais segurança mais confiança no aparelho policial e que a gente possa contribuir para o fortalecimento do sistema de segurança”, pontuou o coronel Márcio Oliveira.

evido a uma alteração na Lei Estadual nº 13.729, de 2006, que trata do Estatuto dos Militares, aprovada pela Assembleia Legislativa em 2021, o curso de formação, que antes constituía uma fase do concurso público, começa logo após a conclusão do certame, com o candidato já integrado à carreira militar e sujeito à disciplina e hierarquia militar. Com o novo modelo, os alunos do curso de Formação de Soldados já serão desde o período de formação, militares estaduais, na condição de Alunos-Soldados.

O Curso de Formação dos novos soldados é promovido pela Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (Aesp/CE) e tem uma carga-horária de 1.400 horas/aula.

“Hoje é um momento de alegria para todos nós e é um momento também de desafio. Contamos com o apoio e colaboração de todos os servidores que participarão dessa caminhada que se inicia hoje na Academia”, disse o coronel Clairton Abreu.

A matriz curricular do curso – regulamentada pela Portaria Nº1812/2021-GS (DOE 05/01/2022) – conta com disciplinas de conhecimentos integrados, jurídicos e específicos, abordando assuntos como: Atendimento Pré-hospitalar; Atuação do Profissional de Segurança Pública Frente aos Grupos Vulneráveis; Ética; Direitos Humanos; Fundamentos da Língua Brasileira de Sinais (Libras); Mediação e Resolução de Conflitos; Psicologia das Emergências; Fundamentos de Direito Administrativo, Civil, Constitucional e Penal Militar; Policiamento Comunitário; Direção Veicular Aplicada à Atividade Policial Militar; Tecnologia da Informação e Comunicação Operacional; Policiamento Comunitário; Policiamento Ostensivo Geral em Viatura; Procedimentos Operacionais da PMCE e Tiro Policial Defensivo, dentre outras disciplinas.

O Curso de Formação será realizado na sede da Aesp e em Unidades da PMCE, distribuídos nos municípios de Fortaleza; Caucaia; Maracanaú; Paracuru; São Gonçalo do Amarante (Pecém); Maranguape; Sobral; Tianguá; Canindé; Crateús; Itapipoca; Russas; Jaguaribe; Juazeiro do Norte; Brejo Santo; Quixadá; Iguatu; Tauá e Crato.


Fonte: Governo do Ceará

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001