13 de junho de 2022 às 10h56m
Presidente inaugura Vice-Consulado do Brasil em Orlando

O presidente Jair Bolsonaro participou hoje (11) da cerimônia de inauguração do Vice-Consulado do Brasil em Orlando, na Florida, Estados Unidos.

A representação consular vai atender os brasileiros que vivem na região e turistas, com serviços como concessão de passaportes, registros civis e atendimento em casos de emergências.

“Esse nosso pedaço do Brasil faz um bem enorme para os nossos irmãos que estão por aqui, porque eles procuram os mais diversos serviços e, por vezes, têm que viajar dezenas, às vezes, centenas de quilômetros para ter os seus problemas resolvidos”, disse Bolsonaro durante a inauguração.

O presidente viajou na quinta-feira (9) aos Estados Unidos, onde participou da Cúpula das Américas em Los Angeles. Na ocasião, ele se encontrou com o presidente norte-americano, Joe Biden. Esta foi a primeira reunião bilateral desde que Biden chegou ao poder, em janeiro de 2021

“Eu confessei para o Jon Biden que, desde criança, sempre admirei o povo americano. Temos muita identidade, em especial na questão de valores, no tocante à liberdade”, disse. Ele citou a liberdade de religião e de expressão, “o bem maior que um povo pode ter”. “Liberdade na sua forma mais ampla possível”, acrescentou.

Durante a cerimônia, Bolsonaro esteve acompanhado dos ministros das Relações Exteriores, Carlos França e da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres e do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).

Consulado
De acordo com o Itamaraty, o Vice-Consulado ficará subordinado ao Consulado-Geral em Miami e deve atender os cerca de 180 mil brasileiros que moram na região.

Bolsonaro realizou a primeira entrega de documentação, um passaporte para uma criança brasileira de sete anos, que nasceu em Orlando.

Segundo o chanceler, além do vice-consulado em Orlando, o Itamaraty abrirá outras quatro repartições. São os consulados-gerais do Brasil em Chengdu (República Popular da China), Edimburgo (Reino Unido da Grã Bretanha e Irlanda do Norte) e Marselha (República Francesa) e um vice-consulado em Cusco (Peru).

“Isso significa mais atenção à comunidade brasileira no exterior, ao turista brasileiro quando visita outros países. Aqui ele tem um ponto de apoio, é um pedaço do Brasil no exterior”, disse França. “Espero que esse ato possa se repetir nos próximos anos, há uma comunidade brasileira no exterior cada vez maior”, afirmou o chanceler.


Fonte: Folhapress

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001