28 de abril de 2022 às 11h16m
Papa Francisco confirma presença na Convenção de 40 anos da Comunidade Shalom

Em audiência privada no Vaticano, realizada na última segunda-feira (25), o fundador da Comunidade Católica Shalom, Moysés Azevedo, convidou o Papa Francisco para as celebrações dos 40 anos de fundação da Comunidade, que acolheu o pedido. O momento também foi oportuno para apresentar as ações do Projeto Shalom Amigo dos Pobres durante a pandemia.

Em audiência privada no Vaticano, realizada na última segunda-feira (25), o fundador da Comunidade Católica Shalom, Moysés Azevedo, convidou o Papa Francisco para as celebrações dos 40 anos de fundação da Comunidade, que acolheu o pedido. O momento também foi oportuno para apresentar as ações do Projeto Shalom Amigo dos Pobres durante a pandemia.

Neste ano, a celebração da Convenção Shalom em Roma, a ser realizada em setembro, depende também da evolução das condições sanitárias causadas pela pandemia do coronavírus. O tema escolhido para esta edição é “Amigos de Deus, amigos dos Jovens e amigos dos Pobres”.

“O Santo Padre acolheu com muita paternidade e carinho o nosso pedido. Em setembro, com a graça de Deus, estaremos organizando nossa peregrinação a Roma e a Convenção dos nossos 40 anos, para renovarmos a oferta das nossas vidas aos pés do sucessor de Pedro”, explica Moysés.

Presente

Durante a conversa, Moysés presenteou o Papa Francisco com um livro sobre as ações do projeto Shalom Amigo dos Pobres, que nasceu durante a pandemia de Covid-19, em 2020. Além do livro, Moysés presenteou o Papa com o ícone Marajoara, escrito para o Espaço de Paz em Chaves na Ilha de Marajó, Pará. O Espaço de Paz tem como missão ser um local para educar crianças e jovens, que vivem em vulnerabilidade devido à pobreza da região. “O ícone representa Nossa Senhora com as feições bem próprias do povo de Marajó e com o Menino Jesus no braço”.


Fonte: O Estado

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001