07 de setembro de 2021 às 09h20m
Após tiroteio, parlamentar propõe portais de segurança em shoppings no Ceará

Tramita na Assembleia Legislativa do Ceará (Alece) projeto que tenta obrigar a instalação de portais automáticos eletrônicos de segurança nos shoppings centers do estado.

Conforme a proposição nº 412/2021, do deputado Audic Mota (PSB), os equipamentos teriam dispositivo de alerta sonoro para detectar armas de fogo em todos os acessos destinados a consumidores, funcionários e fornecedores.

Na justificativa do projeto de lei, o parlamentar cita a morte de Carol Rocha, gerente de uma loja localizada em um shopping de Fortaleza, atingida em uma troca de tiros durante um assalto no dia 20 de agosto de 2021. O deputado afirma que as cenas “horrorizaram a todos e trouxeram à tona a necessidade de ações para inibir esse tipo de crime. Antes, sinônimos de segurança, os shoppings centers têm sido alvo de assaltos, assustando funcionários e clientes”, reiterando a necessidade de que sejam adotados cuidados para diminuir ações criminosas.

Os portais de segurança, propõe o projeto, deverão ser equipados com detector de metais microprocessados, permitindo assim que as pessoas possam entrar nos estabelecimentos com objetos cotidianos sem o disparo sonoro. A instalação de equipamentos acionados por ação manual dos funcionários da segurança dos shoppings é proibida no projeto, que aponta ainda a necessidade de treinamento adequado para os funcionários de segurança.

Caso aprovada, os estabelecimentos que descumprirem a lei devem sofrer advertências e multas. Para shoppings a serem construídos, os órgãos competentes só poderiam emitir a documentação, como o “Habite-se”, a partir do cumprimento da lei e instalação dos equipamentos.


Fonte: O Estado

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001