01 de setembro de 2021 às 08h04m
Escolas públicas do Ceará começam a adotar ensino presencial ou híbrido

Mesmo com o ensino presencial interrompido desde 19 de março de 2020, retorno da modalidade ainda é incerto em muitos municípios do Estado; 75 cidades cearenses já adotam modelo híbrido

Desde o primeiro semestre de 2021, o Governo Estadual tem feito movimentações que indicam um possível retorno do ensino presencial nas escolas públicas do Ceará. A princípio, a perspectiva anunciada pela Secretaria da Educação do Ceará (Seduc) era que, até o mês de agosto, as escolas adorariam o modelo híbrido, mesclando aulas presenciais e remotas. Até o momento, no entanto, a adoção do modelo nos municípios ainda não é um consenso.

Em junho, o governador Camilo Santana chegou a anunciar decreto autorizando que escolas de ensino médio poderiam voltar às atividades presenciais a partir do dia 14. A Seduc, no entanto, declarou que o sistema online ia perdurar, pelo menos, até o fim do primeiro semestre letivo. Ao O POVO, a pasta declarou que a oferta das aulas da Educação Infantil e do Ensino Fundamental compete aos municípios. Dessa forma, cabe a cada município o gerenciamento de quando o ensino presencial ou híbrido seria adotado.

Fortaleza

Na Capital, de acordo com a Prefeitura Municipal de Fortaleza, a volta dos alunos aos espaços físicos escolares está marcada para acontecer a partir de 8 de setembro. Esse retorno deve ocorrer de forma escalonada e gradual, no qual as escolas funcionarão com 50% da capacidade e de forma híbrida.

Segundo cronograma divulgado, nesta primeira etapa, começam os alunos das séries finais da educação infantil (Infantil III, IV e V) e avançando até as primeiras do Ensino Fundamental I (1º e 2º anos). A segunda etapa compreende as demais séries da Educação Infantil ( Infantil I e II) e do Fundamental I (3º, 4º e 5º anos). A 3ª e última etapa contempla os estudantes do 6º, 7º, 8º e 9º anos, além da Educação de Jovens e Adultos.

Interior

Outros municípios também pretendem adotar o ensino presencial. É o caso de Sobral, a 231 km de Fortaleza, que iniciará as atividades presenciais a partir de hoje, 1° de setembro. Ao contrário da Capital, a cidade já começará com o ensino tanto para a Educação Infantil, como para o Ensino Fundamental. Segundo a Secretária de Educação do município, as unidades também devem receber 50% da capacidade de atendimento. De acordo com o Plano de Retomada adotado pelo município, metade dos estudantes de cada turma terá aulas às segundas, quartas e sextas e a outra metade da turma terá aulas nas terças, quintas e sábados.

Já no município de Crato, distante cerca de 545 km de Fortaleza, as aulas presenciais estão previstas para retornar no dia 8 de setembro, também na modalidade híbrida. Segundo a Prefeitura, as unidades de educação estão preparando procedimentos de segurança a serem adotados, como a capacitação dos professores e a preparação adequada dos espaços.

Outras cidades, no entanto, ainda não têm data prevista para a volta da modalidade. Em Juazeiro do Norte, no Cariri, as aulas da Rede Municipal continuam em formato remoto. Segundo comunicado pelo município, a permanência das atividades de forma virtual segue as orientações determinadas por um Comitê Municipal, que conta com a participação de 23 membros, representando diversos segmentos da sociedade, incluindo profissionais da Secretaria de Saúde, que acompanham o controle de monitoramento epidemiológico.

Ensino Médio

Referente ao Ensino Médio, responsabilidade do Governo Estadual, o semestre letivo teve início no último dia 2, ainda de forma remota. De acordo com a Seduc, foram adotadas providências para realizar um processo de transição ao modelo híbrido e as escolas que optarem pelo formato têm autonomia para promover esta medida. Segundo a pasta, das 731 escolas estaduais, cerca de 200 já retornaram neste modelo, que abrange aulas remotas e presenciais. Ao todo, 75 municípios do Ceará já têm aulas presenciais em escolas de ensino médio.


Fonte: O Povo

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001