10 de agosto de 2021 às 19h20m
Programa Ceará Conectado vai levar internet gratuita aos municípios cearenses

O anúncio foi feito pelo governador Camilo Santana nesta terça-feira durante conversa virtual com a população

Em live semanal nas redes sociais, o governador Camilo Santana anunciou, nesta terça-feira (10), que encaminhará para a Assembleia Legislativa do Ceará um projeto de lei para criação do Programa Ceará Conectado. A iniciativa vai oportunizar internet gratuita em espaços públicos nos 184 municípios cearenses. Outro anúncio feito pelo gestor foi referente à liberação de R$ 178 milhões para aquisição das três milhões de doses da CoronaVac. A autorização será publicada no Diário Oficial desta terça-feira.

Sobre o Ceará Conectado, Camilo Santana destacou que o programa faz parte da estratégia de transformar o Estado em Hub Tecnológico. “O Ceará é o segundo ponto mais conectado do planeta. Os cabos de internet que entram no Brasil, entram pelo Ceará. Portanto, instalou-se aqui a Angola Cables, vários data centers. Nós estamos vivendo no mundo da conectividade. Então, o que o Ceará tem feito para entregar os tablets para os alunos, os notebooks para os professores, a conectividade nas escolas, o Cinturão Digital, é investimento em conectividade. Hoje, somos o Estado com maior rede de fibra óptica”.

A internet será instalada nas praças centrais dos municípios. “Nós vamos colocar internet gratuita para toda a população. Vamos levar redes [de internet] para os municípios que ainda não têm redes”, explicou Camilo. As redes também devem conectar escolas, além de outros equipamentos e serviços públicos.

O governador informou que na sexta-feira (6), após reunião com o Comitê que delibera sobre medidas de enfrentamento à Covid-19, decidiu manter o decreto sem alterações por conta do surgimento da variante delta. Fiscalizações, barreiras sanitárias e testagem estão sendo reforçadas em todo o Estado.

Sobre as vacinas, foi assinado, na quinta-feira (5), o protocolo de cooperação técnica entre a Fiocruz e a Uece para a produção da vacina cearense. Camilo explicou que, infelizmente, o contrato da Sputnik V teve que ser cancelado em razão da não liberação do imunobiológico por parte da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O gestor garantiu que não vai descansar enquanto não vacinar toda a população. “Continuamos fazendo todo o esforço para levar a vacina para todos os cearenses, e da forma mais rápida possível. Eu não vou descansar enquanto não vacinarmos todos os cearenses. Por isso estamos na luta diária de conseguir mais doses de imunizantes contra Covid, inclusive fechamos a tratativa de adquirir doses extras de CoronaVac junto ao Butantan, para acelerar cada vez mais a nossa campanha de vacinação”.

Nesse sentido, o Governo do Ceará assinou o contrato com o Instituto Butantan e o laboratório Sinovac para a compra direta de três milhões de doses extras de vacinas contra a Covid-19. O investimento para aquisição das doses é de R$ 178 milhões. Os imunizantes serão um importante reforço para o Estado atingir a meta de vacinar a população adulta até o fim deste mês. O Ceará deve receber as três milhões de doses até o dia 25 de agosto.

O Vacinômetro da Sesa registra que, até às 17 horas de segunda-feira (9), 5,88 milhões de doses aplicadas. Com isso, 4,05 milhões de cearenses receberam a D1, enquanto 1,67 milhão tomaram a D2, além dos 150 mil imunizados com dose única da Janssen.

Além da vacinação, o governador afirmou que já investiu mais de R$ 1 bilhão em ações desenvolvidas para mitigar a crise causada pela pandemia, principalmente para as famílias em situação de vulnerabilidade social, e relembrou que muitas famílias foram beneficiadas com essas ações, como o pagamento da água e luz, a distribuição do Vale Gás Social e o pagamento de auxílio emergencial para trabalhadores dos setores de eventos, cultura e alimentação fora do lar. “Mais de 3 milhões de cearenses foram beneficiados durante a pandemia, e continuamos com parte dessas medidas ainda em execução. Poucos estados têm investido da forma como temos investido na população mais vulnerável”, complementou.

Outro ponto da conversa desta semana foi a entrega de mais quatro Areninhas, nas cidades de Acarape, Irauçuba, Ibaretama e Ararendá. Atualmente, 221 Areninhas estão em funcionamento, sendo 135 delas no Interior e outras 86 na Capital, em parceria com a Prefeitura de Fortaleza.

“O esporte, além de descobrir talentos, é uma forma de prevenção em relação à violência, que tira as crianças da rua e vai para dentro das Areninhhas. Estimula a saúde da criançada, como também melhora o desempenho escolar. Tem todo um aspecto social”, justificou Camilo.

Mais 58 Areninhas serão inauguradas em breve, incluindo a de Bela Cruz. Ao todo, 28 estão em obras, e outras 300 em processo de licitação ou contratação.

Estradas do Ceará

O desenvolvimento regional passa pelas rodovias estaduais. Por isso, o Estado do Ceará, por meio da Superintendência de Obras Públicas (SOP), segue recuperando quase dois mil quilômetros de estradas em todo território cearense. Alguns trechos já estão com obras concluídas: Lavras da Mangabeira a Amaniutaba; Várzea Alegre a Granjeiro; Farias Brito ao Crato; Quitaiús a Caririaçu; e Missão Velha a Missão Nova.

O governador reforçou que os cearenses podem falar com a SOP sobre a situação dos mais de 8.000 km de rodovias estaduais. Para isso, a pasta disponibiliza o Whatsapp das Estradas: (85) 98404-9800.

Mais ações

Ainda na live, o chefe do Executivo destacou outras ações: anúncio do pacote de 150 brinquedocreches para os municípios cearenses na quinta-feira (5); inauguração da primeira Unidade Prisional de Segurança Máxima do Estado na quarta-feira (4); e reunião com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL) para firmar parcerias e estimular o comércio.

Além disso, Camilo Santana também informou que finalizou a série de reuniões com todos os prefeitos e prefeitas cearenses.


Fonte: Governo do Ceará

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001