11 de fevereiro de 2021 às 06h53m
Comércio varejista no Ceará fecha 2020 com maior queda em quatro anos

O mês de dezembro, que é tipicamente o mais aguardado pelo comércio varejista para alavancar as vendas devido às festas de final de ano, não terminou como o esperado em Fortaleza

De acordo com os dados da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as vendas caíram 3,3%, sendo a queda mais intensa para um mês de dezembro desde 2000.


“Relativamente ao mesmo período de 2019, a pesquisa mostra que houve crescimento de 3,3%, sexta taxa positiva consecutiva nesse tipo de comparação”, indica a pesquisa. Já no acumulado do ano de 2020, o varejo no Ceará recuou 5,8%. De acordo com o IBGE, este foi o maior declínio do comércio cearense dos últimos quatro anos: -6,7% em 2016; -1,9% em 2017; 2,1% em 2018 e -1,4% em 2019. Já no comércio varejista ampliado, que inclui as atividades de veículos, motos, partes e peças e de material de construção, o volume de vendas em dezembro recuou 4,4% em relação a novembro e fechou o ano em queda de 5,0%. O resultado negativo veio após três anos consecutivos de altas. Em relação a dezembro de 2019, o crescimento foi 4,2%, sexta taxa positiva consecutiva nessa análise.


Fonte: O Estado

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001