03 de fevereiro de 2021 às 10h35m
Governo do Ceará recebe pauta de reivindicações dos Aprovados do Concurso da Ematerce de 2018

Representantes dos concursados, da Assema e Sindicato Mova-se são recebidos em reunião pela mediadora da Casa Civil

Parte dos 262 aprovados no Concurso da Ematerce de 2018 fizeram uma manifestação nesta terça-feira(02/02)  no Palácio da Abolição em Fortaleza. Eles solicitam ao governador Camilo Santana que cumpra com a sua palavra e os convoque e nomeie de imediato tendo em vista que o concurso completa já 2 anos de sua realização. Pela primeira vez, uma Comissão dos Aprovados juntamente com representantes da Assema e do Sindicato Mova-se foi recebida pelo Governo do Estado do Ceará. Todos pediram a convocação imediata. O Governo ficou de chamar ainda nesse semestre, mas antes dará o retorno da pauta de reivindicações que inclui um calendário de convocação de todos os 263 aprovados na primeira lista, além do cadastro de reserva. Até agora nada concreto. 


A reunião aconteceu na sede da Casa Militar. Participaram os representantes dos concursados, Ana Cláudia de Araújo, Francisco Hiago Gadelha Moreira, Diego Ribeiro e Valéria Ramos; o presidente da Assema e secretário geral do Sindicato Mova-se, Sabino Bizarria; e o diretor de Comunicação do Mova-se, Evaldo Ribeiro. Pelo Governo, a mediadora da Casa Civil, assessora para Acolhimento dos Movimentos Sociais, Zelma Madeira e assessor Antônio Filho representando o secretário Nelson Martins. A diretora tesoureira da Assema, Dijé Oliveira, esteve presente acompanhando os outros concursados que não entraram na reunião. 
Sabino Bizarria disse que as estruturas da Assema e do Sindicato Mova-se continuam à disposição dos concursados agora e depois da nomeação. 

" Além de entregar a pauta de reivindicações para negociar, repassamos à mediadora a  demanda por novos empregados, dos escritórios fechados sem pessoal, entre outros assuntos como a necessidade de um calendário de convocação. Ela se comprometeu a passar tudo ao governador, como mediadora, e ficou de fazer um levantamento sobre a quantidade de vagas ociosas que se tem na Ematerce para ver quantos podem ser convocados dentro da Lei Complementar de Restrição de Gastos do Governo. Disse também que poderiam ser chamados ainda neste semestre e que daria uma resposta como está a negociação até a próxima sexta dessa semana. Porém, nada concreto.", manifestou Bizarria. 

Sabino Bizarria disse que as estruturas da Assema e do Sindicato Mova-se continuam à disposição dos concursados agora e depois da nomeação. 


"Pedimos que fosse repassado um calendário com cronograma de convocação dos aprovados, assim como o quantitativo será convocado no primeiro momento pelo Governo. A mediadora se comprometeu em passar as pautas para que o Governo a apreciasse até o fim da semana, trazendo as respostas sobre a mediação feita. No caso, será repassado um posicionamento sobre como está a situação do andamento do concurso", destacou Valéria Ramos sobre os desdobramentos da reunião.

Lembrando que o compromisso do governo teria sido reafirmado em reunião no Palácio da Abolição, no ano passado, no dia 30 de dezembro, durante uma live sobre a divulgação dos investimentos para o Projeto São José IV, com as presenças do secretário de Desenvolvimento Agrário, Francisco De Assis Diniz.

Necessidade de renovação da ATER no Estado
A situação da prestação de ATER no Ceará, por meio da Ematerce, vem sofrendo um processo de "inanição" ao longo dos anos. O último concurso público realizado foi no ano de 1982. Antes desse ano, foi realizado outro concurso em 1979. Nos tempos áureos, a Ematerce registrou mais de 2.100 profissionais extensionistas com atuação no campo, incrementando tecnologias, incentivando a produção agropecuária e dando apoio administrativo e social às famílias rurais. 

Hoje o quadro de empregados na Ematerce apresenta-se com cerca de 540 extensionistas, para um universo de mais de 300.000 propriedades agrícolas no Ceará.Estes técnicos estão responsáveis pela implementação, execução e acompanhamento das políticas públicas, dos programas (Seguro Safra, Hora de Plantar, Paulo Freire, São José III e IV, Pronaf com emissão de DAPs etc.) e dos projetos voltados diretamente para os pequenos produtores rurais do Estado, que respondem pelo abastecimento alimentar de 70% a 80% da mesa do cearense.

A limitação de pessoal restringe a capacidade da Ematerce de cumprir com suas atribuições e metas às comunidades rurais. O que poderia ser abrandado com a convocação dos técnicos aprovados no concurso realizado em 2018. 

A promessa de convocação do governo para janeiro de 2021 traz grandes esperanças para os agricultores cearenses, para os profissionais da extensão rural, para os demais "stakeholders" e para todos beneficiários dos serviços de assistência técnica e extensão rural.

O concurso é de 25/11/2018. O resultado final saiu em 8/5/2019 e foi homologado em 26/12/2019. No total são 1485 aprovados, sendo 262 nas vagas imediatas. Do total de 262 vagas aprovadas no Concurso, 196 se destinam para profissionais de nível médio, os chamados agentes auxiliares de ATER, que atuarão nas áreas de agroindústria, agronegócio, agropecuária/agricultura, aqüicultura, fruticultura e agroecologia.

Já as 67 vagas alocadas para nível superior serão ocupadas para os cursos de engenharia agronômica, engenharia civil, engenharia de pesca, engenharia florestal, zootecnia, medicina veterinária, ciências econômicas, ciências contábeis e direito e as de nível  tecnológico para os cursos de  tecnologia de alimento e tecnologia de irrigação.

Fonte: -- Marcellus Rocha

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001