26 de janeiro de 2021 às 22h13m
Aulas na rede pública de Fortaleza começam de forma remota nesta quinta, 28

Ao todo, 235 mil alunos iniciarão as atividades em regime remoto

As aulas remotas do ano letivo 2021 da rede municipal de ensino de Fortaleza começam nesta quinta-feira, 28, segundo informou a Prefeitura de Fortaleza nesta terça-feira, 26. Ao todo, 235 mil alunos iniciarão as atividades em regime remoto. A decisão desta modalidade de ensino faz parte das medidas de enfrentamento à pandemia da Covid-19 no Estado do Ceará.

Para fortalecer a aprendizagem dos alunos e auxiliar os profissionais da Educação envolvidos no ensino remoto, serão disponibilizados para os alunos da rede municipal material escolar, livros e conteúdos complementares, como chips e tablets com a finalidade de apoiar as atividades virtuais escolares, além do kit de alimentação. “Nós vamos garantir o kit alimentação para toda a rede. São 235 mil alunos. Além do kit alimentar, tem o kit pedagógico, que é o material escolar. Lá, tem toda a especificação por classe, por faixa etária”, disse o prefeito de Fortaleza, José Sarto.

Em 2020, o modelo remoto foi adotado na rede pública de ensino, onde contou com 231 mil alunos matriculados. Neste ano, o número passou a cerca de 235 mil, uma alta de 1,7% das matrículas na rede municipal. Segundo a secretária municipal da Educação, Dalila Saldanha, em 2020, o ensino remoto demonstrou “eficácia na manutenção dos vínculos dos estudantes com a escola, o que se refletiu em baixa evasão e aumento no número de matrículas”.

Para os professores, esta modalidade permitirá o trabalho diretamente das suas residências, atendendo às medidas contra a Covid-19, em conformidade com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB). “A gente conseguiu com esse processo seguir trabalhando na perspectiva de, cada vez mais, oferecer ferramentas e conteúdos digitais para apoiar tanto professores como também os estudantes”, comemorou a secretária. Segundo ela, gestores e professores estão envolvidos na elaboração da estratégia de retomada das aulas.

Apoio ao ensino remoto

Buscando atender as necessidades dos alunos neste período de pandemia, a Prefeitura de Fortaleza disponibilizará 21 mil tablets para estudantes do 9º Ano do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) IV. Além disso, serão entregues 242 mil chips com 20 GB de internet, que permitirá ao aluno o acesso ao conteúdo escolar e outras práticas educacionais em regime domiciliar.

A Prefeitura de Fortaleza informou que, ambos os itens estão em processo de licitação para aquisição. A previsão de entrega dos materiais, que será realizada nas unidades escolares, é de 45 dias, após a contratação da empresa vencedora do processo licitatório.

Já o kit pedagógico, será composto conforme especialidade de cada etapa, Educação Infantil e Ensino Fundamental. O kit incluirá, entre outros itens, cadernos, canetinhas, lápis de grafite, lápis de cor, borracha, cola e tesoura. A entrega do material será efetuada até o final de fevereiro. Até o fim de fevereiro, os alunos receberão obras didáticas disponibilizadas pelo Programa Nacional do Livro Didático (PNLD).

A alimentação escolar dos alunos acontecerá por meio da distribuição de kits de alimentação para todos os alunos matriculados na Rede Municipal de Ensino. O benefício individual será entregue a partir da segunda quinzena de fevereiro. Eles serão compostos por 1 caixa com 12 ovos, 1kg de açúcar, 2 kg de arroz branco, 1 pacote de macarrão espaguete, 1 pacote de biscoito, 1kg de feijão, 1 garrafa de óleo de soja, 1 kg de sal, 1 kg de farinha de mandioca e 1 pacote de farinha de milho.

Apoio e formação de profissionais

De acordo com a Secretaria Municipal da Educação de Fortaleza (SME), as formações de profissionais da educação continuarão, assim como em 2020, a partir de fevereiro de forma virtual. As capacitações acontecem em horário de planejamento e contribuem para embasamento dos conteúdos em sala de aula.

Ainda segundo a Prefeitura de Fortaleza, foi implantado na Rede Municipal o Serviço de Psicologia Escolar, com a contratação de 12 psicólogos para o atendimento de profissionais, alunos e famílias como forma de apoio à comunidade escolar em geral durante este período de enfrentamento à pandemia.

 


Fonte: O Povo

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001