19 de janeiro de 2021 às 17h30m
Como é definido quem está sendo vacinado e o que será preciso fazer para se vacinar

Por enquanto, não é preciso fazer nada. Profissionais e idosos do primeiro grupo estão sendo vacinados em rota de imunização. No momento posterior haverá agendamento. Quem são os grupos prioritários? Como saber se estou nesses grupos? O agendamento é obrigatório? Tire todas as suas dúvidas sobre a vacinação na Capital

Profissionais da saúde na linha de frente da Covid-19, idosos e pessoas com deficiência acima de 18 anos residentes em instituições de longa permanência já estão recebendo as primeiras doses da vacinação em Fortaleza. Devido ao número reduzido de imunizantes recebidos — 80 mil doses —, a vacinação por agendamento dos demais grupos prioritários ainda não começou. O POVO reuniu perguntas e respostas sobre a vacinação contra o coronavírus em Fortaleza. 

Quem está no grupo que vai receber primeiro a vacina contra a Covid-19?

Profissionais da saúde da linha de frente no enfrentamento à pandemia, idosos e pessoas com deficiência acima de 18 anos residentes em instituições de longa permanência. Na Capital, a estimativa é vacinar 40 mil pessoas nesses grupos.

Quem são os profissionais da saúde de linha de frente?

Aqueles que trabalham em:

1. Unidades hospitalares Covid: Enfermaria e UTI;

2. Transporte pré-hospitalar (Samu);

3. Unidades de Pronto Atendimento (Upas);

4. Emergências de hospitais porta aberta;

5. Vacinadores;

6. Laboratórios de biologia molecular;

7. Centros de coleta, testagem e atendimento Covid;

8. Agente comunitário de saúde (ACS), agente de combate às endemias (ACE) visitadores domiciliares, enfermeiros, técnicos de enfermagem, técnicos em saúde bucal, médicos e dentistas da ESF

Como é a escolha dos profissionais vacinados agora? É preciso se inscrever?

Os profissionais que estão na linha de frente estão sendo vacinados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) conforme o roteiro de imunização traçado. Esse roteiro não foi divulgado. Cada unidade de saúde informa à pasta municipal quem são esse profissionais atuando no enfrentamento mais direto à pandemia. 

Como é a escolha dos idosos de instituições de longa permanência vacinados? É preciso inscrição dos idosos ou das instituições?

Idosos institucionalizados também foram escolhidos para serem vacinados e estão na rota de vacinação da SMS, que não foi tornada pública. 

Onde estão sendo vacinados os profissionais da saúde de linha de frente e os idosos?

Diretamente nos locais de trabalho ou nas instituições de longa permanência onde moram.

Quanto tempo deve levar para imunizar esses primeiros grupos?

A Secretaria Municipal da Saúde de Fortaleza (SMS) estima que levará sete dias para vacinar cerca de 40 mil pessoas na Capital. São 79 equipes de vacinação, com cinco profissionais cada, trabalhando em turnos de manhã, tarde e noite. Foi organizada uma logística intersetorial incluindo Guarda Municipal e Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) para agilizar o deslocamento das doses de vacinação.

Quando os demais grupos prioritários serão vacinados?

Depende da chegada de mais lotes da vacina. Por enquanto, ainda não há previsão. O Governo Federal negocia cerca de 2 milhões de doses da vacina AstraZeneca/Oxford, também liberada no Brasil para uso emergencial.

É obrigatório o agendamento para vacinação da Covid-19?

Sim. Com a chegada dos próximos lotes da vacina, todos os grupos inseridos como prioridade para vacinação vão precisar realizar agendamento para receber a vacina. Idosos acima de 75 anos serão vacinados em casa, também com agendamento.

Demais profissionais de saúde que não estão na linha de frente e, por isso, não receberão a vacina agora, também precisam fazer agendamento para centros de vacinação escolhidos pela prefeitura e nos locais de trabalho. 

Mas há exceções: idosos institucionalizados, trabalhadores em instituições de longa permanência, indígenas em terras demarcadas, população privada de liberdade e pessoas em situação de rua receberão a vacina in loco.

Sou do grupo prioritário. Como fazer o agendamento?

O agendamento ainda não começou. Mas quando Fortaleza receber novos lotes da vacina, será possível realizar o agendamento por meio do aplicativo Mais Saúde Fortaleza e pelo site Vacine Já.

Onde ocorrerá a vacinação contra a Covid-19 em Fortaleza?

A Prefeitura escolheu oito locais como centros de vacinação. São eles: Cuca do Jangurussu, Cuca Mondubim, Cuca José Walter, Cuca Barra do Ceará, Centro de Evento, Estádio Castelão, Estádio Presidente Vargas e Ginásio Paulo Sarasate.

Além desses oito locais, haverá vacinação nos postos de saúde?

NÃO. Não haverá vacinação contra a Covid-19 nos postos de saúde da Capital. Por isso, não adianta procurar vacina nestes locais. O objetivo é evitar expor pessoas de grupos vulneráveis ao risco de infecção, considerando que os postos recebem pessoas com suspeita de Covid.

Como saber se estou em um dos grupos prioritários da vacinação em Fortaleza?

Você pode conferir a distribuição dos grupos prioritários por fase a seguir:

1ª FASE

Trabalhadores da saúde: nos locais de trabalho e agendamento para centros de vacinação dos trabalhadores que não estão na linha de frente

Idosos a partir de 75 anos: domiciliar, por agendamento

Pessoas com 60 anos ou mais e deficientes acima de 18 anos em instituições de longa permanência (antigamente chamados asilos): nos locais em que vivem

Indígenas que vivem em aldeias demarcadas: nas aldeias

Cuidadores de pessoas com 75 anos ou mais: cadastramento e agendamento para centros de vacinação, feito pela equipe de vacinação domiciliar, no momento da vacinação do idoso

Pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência (antigamente chamados asilos): nos próprios locais

Trabalhadores das instituições de longa permanência: nos próprios locais

Pessoas acima de 18 anos com deficiência e em instituições (residências inclusivas): nos próprios locais

Trabalhadores das residências inclusivas: nos próprios locais

Povos indígenas que vivem em aldeias com terras demarcadas: nos próprios locais

2ª FASE

Pessoas de 60 a 74 anos: agendamento para centros de vacinação

3ª FASE

Pessoas com comorbidades: agendamento para centros de vacinação

4ª FASE

Trabalhadores da educação: agendamento para centros de vacinação

Forças de segurança e salvamento: agendamento para centros de vacinação

Funcionários do sistema prisional: agendamento para centros de vacinação e nos locais de trabalho

População no sistema carcerário: nos próprios locais

Pessoas em situação de rua: nos próprios locais

Pessoas com deficiência severa permanente: agendamento para centros de vacinação e em domicílio

Transportadores rodoviários de carga: agendamento para centros de vacinação e nos locais de trabalho

Trabalhadores do transporte coletivo: agendamento para centros de vacinação e nos locais de trabalho

O que é preciso fazer para se vacinar?

Por enquanto, as pessoas estão sendo vacinadas nos próprios locais de trabalho ou instituições. A vacina está indo até os selecionados, na rota de vacinação da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O agendamento para o segundo momento ainda não começou.

Portanto, até o momento não é preciso fazer nada.

O que pode ser feito para acelerar a vacinação quando chegar sua vez é o cadastramento no ConecteSUS, para quem ainda não tem.


Fonte: O Povo

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001