12 de janeiro de 2021 às 06h50m
Após Whatsapp informar novas regras, concorrente Signal tem aumento de novos usuários

De acordo com a empresa de análise de dados Sensor Tower, mais de 100 mil usuários instalaram o Signal nas lojas de aplicativos da Apple e do Google entre os dias 6 e 8 de janeiro

O aplicativo de mensagens Signal registrou aumento de novas contas de usuários no aplicativo. O fato aconteceu no último dia 7, um dia após o WhatsApp informar as novas regras da políticas de privacidade da ferramenta. Conforme nova política, dados pessoais dos usuários no app passarão a ser compartilhados com o Facebook, podendo ser combinados com informações da própria rede social e do Instagram.

As novas regras entraram em vigor no dia 8 de janeiro e, conforme a notificação enviada pelo WhatsApp, quem não concordar com a mudança é convidado a apagar o aplicativo e desativar a conta. A mensagem fez com que alguns usuários optassem por outros aplicativos de mensagens, como a Signal. As informações são do portal Canal Tech.

De acordo com a empresa de análise de dados Sensor Tower, mais de 100 mil usuários instalaram o Signal nas lojas de aplicativos da Apple e do Google entre os dias 6 e 8 de janeiro, enquanto o Telegram obteve quase 2,2 milhões de downloads. Já os novos downloads do WhatsApp caíram 11% nos primeiros sete dias de 2021 em comparação com a semana anterior, mas ainda assim totalizaram cerca de 10,5 milhões de downloads globalmente, informou a Sensor Tower.

No Twitter, a empresa destacou o aumento de novos usuários na plataforma. “Os códigos de verificação estão atualmente atrasados em vários provedores porque muitas pessoas novas estão tentando entrar no Signal agora (mal podemos registrar nosso entusiasmo). Estamos trabalhando com as operadoras para resolver isso o mais rápido possível. Mantenha-se firme”, publicou a Signal.

O que acontece com usuários que não aceitarem os termos

Com os novos termos, o compartilhamento dos dados entre as plataformas WhatsApp e o Facebook passará a ser obrigatório, mesmo para quem não tem conta no Facebook. Conforme a notificação do Whatsapp, os usuários que não aceitarem as novas regras ficarão impossibilitados de utilizar o aplicativo de mensagem. A conta não é apagada, mas fica indisponível até o usuário aceitar a nova política de privacidade, ou seja, o usuário não vai poder mais usar WhatsApp até mudar de ideia.

 

A mudança nos termos do serviço e da política de privacidade começou a ser comunicada aos usuários nessa quarta-feira, 6, de acordo com o blog Tecmundo. Conforme a empresa, o objetivo é promover uma maior integração do WhatsApp com os demais serviços pertencentes à companhia chefiada por Mark Zuckerberg, como o próprio Facebook e o Instagram.


Fonte: O Povo

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001