30 de novembro de 2020 às 10h32m
Saiba como evitar cancelamento do seu título de eleitor e regularizar situação eleitoral

O cidadão com o documento irregular não pode tirar passaporte nem registro de identidade, entre outros impedimentos

Eleitores que estão há mais de três eleições (regulares ou suplementares) consecutivas sem votar ou justificar a ausência às urnas têm o título cancelado. Vale destacar que cada turno é considerado uma eleição para a Justiça Eleitoral.

Com o título cancelado, o eleitor não poderá, por exemplo, votar, ser empossado em concurso público, obter passaporte ou CPF e renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial

A primeira medida a ser tomada pelo eleitor para regularizar seu título é o pagamento de multa no valor de R$ 3,51 por turno de votação que tenha faltado.  O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponibiliza o passo a passo para a quitação de multas eleitorais em seu portal. O boleto da multa pode ser emitido de forma online.

Depois de pagar a multa, o cidadão precisa se dirigir a um cartório eleitoral e apresentar documento de identificação e comprovante de residência para solicitar a regularização do título. A normalização somente será possível se não houver pendência do cidadão com a Justiça Eleitoral.

Os endereços dos cartórios eleitorais podem ser obtidos nas páginas dos tribunais regionais eleitorais na internet e na página de consulta a zonas eleitorais do portal do TSE.


Fonte: O Povo

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001