13 de outubro de 2020
Google Meet amplia prazo e usuários terão chamadas ilimitadas até março de 2021

A companhia planejava restringir as reuniões em até 60 minutos nas contas gratuitas a partir do final de setembro deste ano

Muito usado para trabalho, estudos e encontros com amigos e familiares, o Google Meet continuará tendo chamadas ilimitadas até 31 de março de 2021.  A ferramenta foi liberada de forma irrestrita durante a quarentena causada pela pandemia de coronavírus, que já contaminou mais de 4,7 milhões de pessoas e levou mais de 142 mil a óbito somente no Brasil. 

No anúncio da gratuidade, em maio, a Google havia informado que a duração da oferta seria até 30 de setembro. O principal concorrente do serviço, Zoom, permaneceu com limite em contas gratuitas: a chamada encerra, nestes casos, após 40 minutos.

O anúncio da Google foi feito por meio de comunicado nesta terça-feira, 29. "Acreditamos que as pessoas devem ser capazes de usar os melhores serviços possíveis para se conectar, a qualquer hora e em qualquer lugar. É por isso que tornamos o Google Meet, nosso produto premium de videoconferência, gratuito para todos em abril", disse o texto, assinado por Samir Pradhan, gerente de produto de grupo do Google Meet.

Segundo o time de análise do Google, a mudança foi baseada na previsão de uma temporada de férias com menos viagens e marcada por momentos como reuniões de família, reuniões de pais e mães e casamentos hospedados por vídeo. "Queremos continuar ajudando aqueles que dependem do Meet para manter contato nos próximos meses", acrescenta a nota.

O Meet permite conectar até 100 pessoas ao mesmo tempo, compartilhar a tela e organizar os participantes em mosaico. Para assinantes do G Suite, pacote de serviços corporativos da empresa, as chamadas, após a data limite, continuam ilimitadas. Alguns recursos como a gravação de reuniões e o cancelamento de ruído só estarão disponíveis nesta versão paga.


Fonte: O Povo

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001