25 de setembro de 2020 às 07h05m
Veja o patrimônio dos candidatos a prefeito de Fortaleza, de milionários a quem não tem nada

Todos os oito candidatos e duas candidatas já registraram candidaturas e apresentaram declarações de bens

Com entrada de Luizianne Lins (PT) no sistema da Justiça Eleitoral, todos os dez candidatos à Prefeitura de Fortaleza já aparecem na lista do site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Como candidatos são obrigados a declarar bens no momento do registro, já é possível avaliar a evolução do patrimônio de políticos que já concorreram em outras disputas eleitorais.

Entre os candidatos deste ano em Fortaleza, a maior evolução nos últimos dois anos foi de Renato Roseno (Psol), em 203,4%. Os bens declarados pelo candidato, no entanto, incluem um saldo devedor de R$ 189 mil de um imóvel financiado e outro de R$ 30,6 mil de um automóvel. Descontados esses valores, o crescimento do patrimônio dele cai para 24,8%.

O candidato que teve o segundo maior crescimento foi Heitor Férrer (SD), em 102,7%. Isso sem considerar Anízio Melo (PCdoB), que não declarou bem algum e 2018 e agora informa imóvel no valor de R$ 300 mil, com previsão de entrega em 2023.

Três candidatos declaram patrimônio menor que na eleição passada: Sarto, que caiu 28,7%, Heitor Freire (PSL), que teve redução de 58,9%, e Luizianne Lins, com queda de 0,3%.

Heitor Férrer (PDT), José Sarto (PDT) e Capitão Wagner (Pros) declararam patrimônios superior a R$ 1 milhão.

Já Paula Colares (UP) e Samuel Braga (Patriota) não têm nenhum bem declarado.

Patrimônio dos candidatos a prefeito de Fortaleza:

Heitor Férrer (SD): R$ 4.194.094,22
(Tinha R$ 2.068.828,45 em 2018)
Variação: 102,7%

José Sarto (PDT): R$ 1.576.407,67
(Tinha R$ 2.199.355,97 em 2018)
Variação: -28,7%

Capitão Wagner (Pros): R$ 1.267.695,52
(Tinha R$ 908.765,05 em 2018)
Variação: 39,5%

Heitor Freire (PSL): R$ 447.000,00
(Tinha R$ 1.090.000.00 em 2018)
Variação: -58,9%

Renato Roseno (Psol): R$ 373.313,37 (descontado saldo devedor de imóvel/automóvel: R$ 153.634,57)
(Tinha R$ 123.043,03 em 2018)
Variação: 203,4% (24,8% descontado o saldo devedor)

Anízio Melo (PCdoB): R$ 300.000,00
(Não tinha nenhum bem declarado em 2018)

Luizianne Lins (PT): R$ 259.654,01
(Tinha R$ 260.624,52 em 2018)
Variação -0,3%

Célio Studart (PV): R$ 15.429,08
(Tinha R$ 11.500,00 em 2018)
Variação: 34,2%

Paula Colares (UP): nenhum bem declarado
(Não foi candidata em eleições recentes, não havendo lista de bens disponível antes)

Samuel Braga (Patriota): nenhum bem declarado
(Não tinha nenhum bem declarado)


Fonte: O Povo

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001