24 de setembro de 2020 às 06h33m
Campus de Medicina da Estácio em Canindé recebe autorização do MEC para operar

O Campus de Medicina da Estácio em Canindé recebeu autorização oficial do Ministério da Educação (portaria nº 210) para entrar em operação.

A Unidade vai oferecer aos futuros médicos uma infraestrutura que inclui o que há de mais moderno para garantir a adequada execução do projeto pedagógico do curso.


Os alunos que estudarem no campus terão acesso a equipamentos com tecnologia de ponta para a prática de procedimentos médicos em simuladores/robôs, antes do contato com o paciente real, no Laboratório de Simulação Realística, além de terem acesso a estudo em realidade virtual. A instituição de ensino vai disponibilizar também laboratórios de imagenologia (para o estudo dos exames de diagnóstico por imagem – tomografia, ressonância magnética, radiografia, entre outras), de anatomia e de técnicas cirúrgicas simuladas. “O que estamos propondo é um aprofundamento dos estudos e uma imersão ainda maior dentro do corpo humano. Os alunos receberão as informações de um jeito diferente, que emociona e muito mais conectado com a realidade deles”, explica Silvio Pessanha, diretor nacional de Medicina da Estácio.


Foram oferecidas 50 vagas para o segundo semestre de 2020 e os candidatos foram classificados e aprovados exclusivamente pela nota do ENEM – os resultados usados foram do período contemplado entre 2015 a 2019. Do total de vagas, 10% foram ofertadas com bolsa integral, sendo que os critérios para pleiteá-la foram os seguintes: ter nascido e ser residente no município de Canindé, não possuir diploma de curso superior e comprovar renda familiar mensal abaixo ou até o valor de um salário mínimo e meio. O primeiro dia de aula para os alunos aprovados está previsto para o dia 28 de setembro.


A inauguração da sede da Estácio em Canindé faz parte da atuação emblemática da instituição que oferece alto nível de desempenho acadêmico aplicado ao curso de medicina e foi uma das escolhidas pelo MEC para retomar o Programa Mais Médicos, implantado pelo Governo e expandir sua atuação na região em 2020 em Canindé e mais três municípios: Castanhal (PA), Iguatu e Quixadá. Os novos campi, que vão se juntar aos oito já existentes, têm previsão de funcionamento entre 2020 e 2021. Juntos, podem ofertar até 240 novas vagas anuais de Medicina.


Fonte: O Estado

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001