21 de setembro de 2020
Dia Mundial de Limpeza é realizado no Ceará com várias ações nas UC estaduais

Com o tema #eu cuido do meu quadrado, neste sábado, 19 de setembro, a Secretaria do Meio Ambiente (SEMA) participou do Dia Mundial da Limpeza 2020. "Por causa da pandemia, a proposta foi de que as ações ocorressem o mais perto de suas casas, locais trabalho, escolas e etc., evitando aglomerações e respeitando o uso de máscara e o distanciamento," disse o titular da SEMA, Artur Bruno.

Ele participou da oficina de reutilização de PET, na Área Adahil Barreto do Parque Estadual do Cocó.

 

Promovida pela equipe de educação ambiental do parque, a ação resultou na produção de materiais decorativos, como flores e borboletas. Os educadores, Ronaldo Campos, Mary Ximenes e Cleber Matos, não pouparam esforços para fazer o melhor. "É uma ação simbólica e estamos mostrando o que podemos fazer com um pedaço de plástico, que provavelmente iria parar no aterro", disse o educador Campos.

 

 "Esse ano é um evento atípico, diferente do ano passado quando reunimos centenas de pessoas na Praia de Iracema e do Futuro, para coletar resíduos", lembrou Ulisses Rolim, coordenador de Educação Ambiental da SEMA. As atividades foram planejadas de modo a atender o tema programado pela ação global e simboliza a necessidade da conscientização da sociedade no que diz respeito ao descarte dos resíduos sólidos, e à necessidade de uma limpeza mental.

 

Na Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE) do Sítio Curió, a gestora Izaura Lila pensou em uma ação que envolvesse "uma limpeza energética e cuidado interior". Ela convidou a Professora de Yoga, Nayana Castro, para uma atividade de meditação no formato de live. Transmitida pelo Instagram da Floresta do Curió (@florestacurio) a meditação virtual conectou pessoas. "Estamos muito tempo em isolamento, acumulando estresse, nada como limpar a mente e modificar a nossa vibração", disse. "A yoga é uma prática que integra corpo e mente, e contribui para o autoconhecimento", completou a instrutora.

 

Com a mão na massa

 

 

Para a equipe da Estação Ecológica (ESEC) do Pecém, a campanha do Dia Mundial de limpeza 2020 foi marcada pela "mão na massa". De acordo com Aline Parente, gestora da ESEC, foi uma "grande limpeza" na garagem da sede. "Fiz questão de fazer o registro fotográfico do antes e do depois", contou. "O espaço ficou mais limpo, organizado e mais bonito", relatou. No Parque Estadual Sítio Fundão, no Crato, os colaboradores se reuniram para uma limpeza no Rio Batateiras, que corre dentro da UC. "Os resíduos sólidos recicláveis coletados serão doados para uma associação de catadores do Crato", informou Dágila Ramonita, gestora do Parque.

 

No Parque Estadual Botânico do Ceará, também, a equipe deu um duro, segundo informou Vânia Weimar, técnica do Botânico. "Realizamos uma grande limpeza e plantio de mudas nativas, na área de amortecimento do Parque", nos conta. Mas ela não termina aí. "Além da área de amortecimento, recolhemos matéria orgânica para a composteira, limpamos a sala de administração do Viveiro, o depósito, a sala administrativa da UC, e ainda fizemos uma caminhada recolhendo resíduos sólidos encontrados nas trilhas", relatou.

 

Se ordem do dia foi cuidar do nosso quadradinho, na Área de Proteção Ambiental (APA) da Lagoa da Jijoca a lição foi bem entendida. O gestor Benedito Lourenço coordenou, a partir da sede da APA, que também é a sua moradia, a live "Eu cuido do meu quadrado - Aprendizados & Vivências: permacultura em áreas urbanas". De acordo com Lourenço, "cuidar do meu quadrado" vai além da limpeza do meio físico. "É cuidar da Terra, das pessoas e do futuro", declarou. "É desenvolver competências sócio emocionais, potencializar cultura e educação; saúde, bem estar social e espiritual, repensar as atitudes e tarefas do cotidiano; reinventar modos de vidas e de ver a paisagem", completou.

 

 


Fonte: Governo do Ceará

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001