05 de setembro de 2020 às 18h02m
Fabricante chinesa lança celular com câmera sob a tela

ZTE Axon 20 5G é primeiro modelo comercialmente disponível com a tecnologia

A fabricante chinesa de eletrônicos ZTE anunciou, na última terça-feira 1º, o lançamento do primeiro celular com câmera sob a tela para venda no mundo. O modelo, chamado Axon 20, não precisa de módulos retráteis, bordas ou entalhes, entregando um display que ocupa toda a frente do produto sem sacrificar a lente frontal.

Outros aparelhos com a câmera "escondida" por baixo da tela já haviam sido demonstrados por empresas como Oppo e Xiaomi, mas apenas enquanto protótipos. A principal dificuldade em lançar um produto do tipo para o consumidor final era a queda na qualidade de imagem da câmera de selfies.

Para conseguir contornar o problema, a ZTE precisou investir no desenvolvimento de novos materiais, em especial para o "filme catódico" — fina camada de metal que fica por trás do display e permite que o usuário receba a iluminação da tela para enxergar o conteúdo. A empresa desenvolveu um novo tipo híbrido de filme que combina materiais orgânicos e inorgânicos de alta transparência.

A matriz de pixels — os pontos que formam as imagens digitais — também precisou ser repensada para que a qualidade da tela não fosse reduzida no local onde fica a câmera. Houve ainda o desenvolvimento de novos chips e circuitos para garantir a qualidade do visor, além de um algoritmo próprio da empresa.

A tela do aparelho possui 6,92" e resolução Full HD+ (1080x2460 pixels), além de taxa de atualização de 90 Hz. Internamente, o modelo tem processador Snapdragon 765G e opções de 128 GB de armazenamento com 6 GB de memória RAM ou 256 GB e 8 GB, respectivamente.

Na traseira, são quatro câmeras: principal de 64 megapixels, grande-angular de 8 MP, um sensor de 2 MP para fotos macro e um de profundidade (que não tira fotos) também com 2 MP. A lente frontal, que fica sob a tela, tem 32 MP.

A bateria tem 4.220 mAh e carregamento rápido de 30 W. O corpo do aparelho, com moldura de alumínio e vidro na tela e na traseira, está disponível nas cores preto, azul, roxo e dourado. Além da câmera, o leitor de impressões digitais também fica sob a tela. Há ainda suporte a redes móveis 5G, que ainda estão em testes no Brasil e devem começar a aparecer no País somente em 2021.

Apesar da tecnologia inovadora, o aparelho tem preço mediano. O valor de lançamento é de 2.198 yuans, equivalente a cerca de R$ 1.700 em conversão direta com taxa de câmbio desta quinta-feira, 3. Ele está em pré-venda desde o dia 1º de setembro na China, e ainda não há previsão para chegada a outros mercados.


Fonte: O Povo

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001