19 de agosto de 2020 às 11h45m
Volkswagen monta primeiras unidades de caminhão elétrico no Brasil

Protótipos são produzidos em Resende, RJ, para validação e testes de homologação. Produção em série está confirmada para o primeiro semestre do ano que vem.

A Volkswagen Caminhões e Ônibus anunciou nesta terça-feira (18) que iniciou a produção de forma experimental do e-Delivery, o primeiro caminhão elétrico criado no Brasil e com produção local confirmada. O G1 testou o modelo em 2018.

Por enquanto, a produção será em uma área da unidade de Resende (RJ) chamada de "fábrica laboratório". Essas unidades não serão comercializadas. O objetivo é realizar os ajustes necessários nos processos e na linha de produção definitiva do caminhão.

O primeiro veículo que sair da fábrica laboratório será usado para treinamento dos operadores do consórcio modular, uma espécie de parque de fornecedores dentro da própria unidade de Resende.

Nesse sistema, cada fabricante será responsável por produzir sua parcela do e-Delivery. O formato de consórcio já existe na linha de caminhões a combustão na fábrica da Volkswagen do Sul do Rio.

"Tal como há 25 anos, quando amadurecemos nosso processo produtivo numa linha experimental em Resende, começamos a consolidar nosso know-how também na manufatura de veículos elétricos", disse, em nota, Roberto Cortes, presidente da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

Por ser um veículo elétrico, o e-Delivery também exige um processo maior de treinamento de funcionários, operadores e concessionários. Até por isso, os testes vão continuar em laboratórios espalhados pelo país e também no campo de provas da Volkswagen.

Os funcionários da produção, por exemplo, estão sendo treinados para as demandas específicas da propulsão elétrica, como montagem da bateria e o chamado comissionamento, quando o veículo elétrico é energizado pela primeira vez.

Nessa etapa, há procedimentos específicos para lidar com tensões superiores a 600V.

Segundo a Volkswagen, a produção em série do e-Delivery terá início no primeiro semestre do ano que vem. Atualmente, algumas unidades rodam em testes na distribuição de bebidas em São Paulo.

 


Fonte: g1.com

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001