28 de junho de 2020 às 09h20m
Camilo Santana nega retorno do futebol no Estado em 6 de julho

Por meio de sua conta no Twitter, governador declarou que "isso não está, sequer, sendo considerado pelo Estado"

O governador Camilo Santana (PT) negou neste sábado, 27, relatos de que os jogos de futebol estariam permitidos a partir de 6 de julho. Por meio de sua conta no Twitter, Camilo disse que o retorno "sequer é considerado" pelo Estado. "Não há nenhuma data definida. Tudo será feito com critério e responsabilidade", continuou o governador.

O Campeonato Cearense está programado para voltar após o dia 20 de julho, mas a FCF havia pedido para antecipar a data para 6 de julho. Está previsto para o dia 6 de julho o início da terceira fase da retomada da economia, o que pode ser adiado. Não é descartado o retorno do futebol já durante essa terceira fase.

O pedido da Federação aconteceu para que o Estado pudesse sair na frente na disputa para ser a sede única que vai receber o restante da Copa do Nordeste. Hoje, Ceará disputa com Bahia e Pernambuco o posto para receber a última rodada da fase de grupos e o mata-mata do Nordestão. 

Ceará e Fortaleza estavam alinhados com a FCF e viam com bons olhos a possibilidade. A ideia dos clubes e também da entidade era que chegasse no Brasileiro, previsto para iniciar dias 8 e 9 de agosto, com um dos torneios encerrados e o outro encaminhado.

O POVO sempre colocou a antecipação como uma condição baseada num pedido da Federação Cearense de Futebol, mas sempre trabalhou com a data oficial para retorno no dia 20 de julho, a oficial. 

Ceará e Fortaleza já treinam presencialmente desde o dia 1º e 2 de junho, respectivamente. As equipes já estão, portanto, por completar um mês de trabalhos presenciais, enquanto outros times do Estado voltam às suas atividades apenas agora. 

O Atlético-CE realizou exames nesta semana para que pudesse retornar aos treinamentos no seu Centro de Treinamento nesta sexta-feira, 26. Já o Ferroviário passou pela mesma bateria de exames, mas retomou os trabalhos presenciais apenas neste sábado, 27. Eles dois se juntam a Ceará e Fortaleza como os únicos no Estado a voltar a treinar nos CTs. 

O Ferroviário, inclusive, montou seu cronograma pensando exatamente na volta do futebol para o dia 20 de julho. A equipe coral, por meio do seu presidente, Newton Filho, entende como inviável a retomada dos jogos oficiais no dia 6 de julho, já negada pelo governador.


Fonte: O Povo

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001