04 de junho de 2020
Ceará já distribuiu cerca de 220 mil testes rápidos para municípios; Estado é o que mais testa no Brasil

Em meio à pandemia do novo coronavírus, o Governo do Ceará já distribuiu 219,2 mil testes rápidos para detecção da Covid-19 nos municípios

Mesmo com a escassez mundial desse tipo de insumo, o Estado é, proporcionalmente, o que mais testa a população. Essa é uma das principais medidas apontadas por infectologistas para mapear a evolução da doença e conseguir combatê-la com mais eficiência.

Em conversa virtual com a população nesta semana, o governador Camilo Santana ressaltou a importância de aplicação dos testes. “Quanto mais testamos, mais identificamos a evolução da doença, isso significa que temos mais casos e mais óbitos confirmados, mas é fundamental termos essa informação para que possamos planejar as ações de enfrentamento da melhor forma”, disse em transmissão via redes sociais.

Fortaleza recebeu maior quantidade dos testes. Além de ser o município cearense com maior população, é também o epicentro da doença no Ceará. Até agora, foram destinados 70,2 mil testes rápidos para atender os moradores da Capital. No atual cenário epidemiológico, a região de Sobral é a segunda mais afetada pela Covid-19. Portanto, a cidade e os municípios vizinhos receberam, ao todo, 12,5 mil testes rápidos. Os municípios de Caucaia e Maracanaú, que também apresentaram altos índices da doença, receberam cerca de 10 mil testes rápidos para atender a demanda.

“No Ceará, os testes rápidos estão amplamente distribuídos em todos os municípios. Tivemos distribuição de testes em 5 fases, contemplando órgãos de Segurança Pública, hospitais, UPAs, CEO e Policlínicas do Estado, além de outras atividades essenciais. E mais 150.000 testes serão distribuídos nas próximas duas semanas”, detalhou a secretária executiva de Vigilância e Regulação da Sesa, Magda Almeida.

Além dos testes rápidos, o Ceará realiza testes RT-PCR e sorologia para identificar o novo coronavírus. Ao todo, somados os três tipos, já foram realizados 132,4 mil exames no Estado para detectar a Covid-19.

“O Ceará é o estado brasileiro que mais testa, tanto proporcionalmente, em relação à população, quanto numericamente, já que ultrapassamos São Paulo em quantidade de testes feitos. E também somos o estado mais transparente do Brasil com os números da Covid-19. Essa é uma determinação minha nesse enfrentamento”, disse o governador durante a conversa com a população.

Maior pesquisa epidemiológica

A quantidade de testagens rápidas realizadas no Estado deve dar um salto nas próximas semanas. Isso ocorrerá porque, desde a última terça-feira (2), o Governo do Ceará, em parceria com a Prefeitura de Fortaleza e a Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), iniciou a maior pesquisa epidemiológica do Brasil. Serão realizados 9,9 mil testes na população durante as três fases da pesquisa, prevista para ser concluída no próximo mês.

Os resultados irão compor o Inquérito Sorológico e indicarão a evolução da doença na Capital. “Teremos a oportunidade de identificar o número de pessoas que já foram infectadas e, com esses dados percentuais, teremos como tomar decisões mais seguras”, concluiu o governador.


Fonte: Governo do Ceará

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001