21 de maio de 2020 às 06h44m
Alece votará hoje abertura de crédito

A Assembleia Legislativa do Ceará (Alece) vota, em sessão marcada para hoje, projetos de autoria da Mesa Diretora, do Poder Executivo e de parlamentares. Um deles é o projeto de lei 22/20, do Governo do Estado, que autoriza abertura de crédito especial no valor de R$ 25.023.454,04.

A Assembleia Legislativa do Ceará (Alece) vota, em sessão marcada para hoje, projetos de autoria da Mesa Diretora, do Poder Executivo e de parlamentares. Um deles é o projeto de lei 22/20, do Governo do Estado, que autoriza abertura de crédito especial no valor de R$ 25.023.454,04. O crédito será destinado às ações da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos, da Secretaria da Cultura e da Fundação Universidade Estadual do Ceará (Uece).


Quatro projetos de parlamentares também estão previstos para discussão na sessão. O projeto 109/20, do deputado Fernando Santana (PT) e coautoria do deputado Carlos Felipe (PCdoB), dispõe sobre a suspensão da cobrança de mensalidade e de planos promocionais contratados em academias de ginástica e de outras modalidades esportivas durante a vigência do plano de contingência para combate à covid-19.


O projeto 115/20, de autoria da deputada Érika Amorim (PSD) e coautoria do deputado Leonardo Pinheiro (PP), obriga as empresas de telefonia fixa, móvel, internet e TV por assinatura a cancelarem a multa contratual de fidelidade de 12 meses durante a pandemia e um ano após o fim dela, para os consumidores que comprovarem perda do vínculo empregatício após a adesão ao contrato. O projeto 123/20, do deputado Leonardo Pinheiro (PP) e coautoria da deputada Augusta Brito (PCdoB), prioriza a realização de exames diagnósticos para coronavírus em profissionais que atuam em hospitais e estabelecimentos afins no Ceará.


Já o projeto 232/19, do deputado Delegado Cavalcante (PSL) e coautoria dos deputados André Fernandes (PSL) e Acrísio Sena (PT), proíbe a utilização de fio com cerol ou cortante, linha chilena ou qualquer material cortante para empinar pipa ou raia no Ceará.


Além desses, está na pauta da sessão o projeto de resolução 04/20, de autoria da Mesa Diretora, que acrescenta o Sistema de Deliberação Remoto (SDR) no regimento interno da casa, detalhando também como deve ser seu funcionamento. O sistema é utilizado desde que iniciaram as sessões virtuais da Assembleia Legislativa, como resultado das medidas de isolamento social impostas pela crise sanitária do novo coronavírus, em março deste ano.


Fonte: O Estado

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001