15 de maio de 2020 às 13h44m
CGE disponibiliza novo boletim informativo sobre o serviço de Ouvidoria do Estado

A Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE) está disponibilizando, a partir desta sexta-feira (15), o Boletim Informativo “Ouvidoria Geral Informa”

A publicação, que será disponibilizada de forma quadrimestral, tem como objetivo prestar contas com o cidadão sobre as demandas de Ouvidoria realizadas aos órgãos e entidades do Poder Executivo Estadual.

Para a coordenadora de Ouvidoria da CGE, Larisse Moreira, o boletim é uma boa forma de manter a transparência das ações públicas do Estado.  “Tivemos nos últimos cinco anos, uma mudança muito grande na cultura de controle social e participação na gestão pública do Estado. O cidadão está mais antenado e reconhecendo mais o seu papel na gestão. Sendo assim, é importante que possamos prestar contas dos serviços oferecidos pelo Estado”.

“O Ouvidoria Geral Informa foi uma forma que encontramos de apresentar ao cidadão informações ligadas às demandas que registramos em nossas setoriais e por meio de nossos canais de atendimento. Além de demonstrar o potencial que a ouvidoria tem para auxiliar nas decisões administrativas do Estado. Ao todo, nos últimos quatro meses registramos 18.804 demandas de ouvidoria”, fez questão de destacar.

Clique aqui para acessar a publicação

Ouvidoria Geral Informa

No boletim, o cidadão poderá encontrar informações sobre o número de demandas registradas por canais de atendimento e por tipo, resolubilidade e tempo de resposta, pesquisa de satisfação junto aos usuários, órgãos mais demandados e assuntos mais buscados.

O serviço de Ouvidoria do Governo do Estado do Ceará foi criado para oportunizar ao cidadão uma maior participação na gestão pública, auxiliando o governador no monitoramento dos serviços públicos oferecidos pelos órgãos e entidades do Poder Executivo.

Para ter acesso a Ouvidoria, basta que o cidadão busque um dos canais de atendimento disponibilizados pela CGE, como as redes sociais (TwitterInstagram e Facebook), as ouvidorias setoriais ou até mesmo a plataforma Ceará Transparente.


Fonte: Governo do Ceará

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001