24 de abril de 2020 às 09h14m
Vereadores usam videotransmissões para levar informação a comunidades

Durante o período de enfrentamento à pandemia da Covid-19, a Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) e os vereadores que a integram na atual legislatura têm utilizando as redes sociais como ferramenta de integração com a população.

Os vereadores, através de ferramentas de transmissão ao vivo por meio digital, levam para seus bairros e para as comunidades em que atuam informações sobre o momento enfrentado pela cidade, cuidados e medidas de prevenção ao coronavírus.
As transmissões ao vivo pela internet também costumam contar com a presença de convidados, que abordam diferentes temas relevantes ao enfrentamento à Covid, com o intuito de fortalecer essa transmissão de informações para a população. As chamadas lives, meio que tem se popularizado em meio à quarentena, têm ocorrido quase diariamente nas redes sociais. As iniciativas partem de um esforço em estabelecer uma conexão direta com os moradores de bairros de periferia, onde se teme que o vírus espalhe mais rapidamente. O assunto foi tema de reunião do prefeito Roberto Cláudio com os parlamentares da CMFor, que se comprometeram em desenvolver ações para conscientizar seus eleitores nessas áreas.


“As lives tem sido um mecanismo importante de conversa e aproximação das pessoas nesse período de isolamento social. E os convidados, cada um na sua área, trazem um tema importante para a vida das pessoas nesse momento de pandemia”, comentou o vereador Gardel Rolim (PDT).
“Nosso mandato, eu e minha equipe temos uma rotina com a realização semanal de vídeos ao vivo pelas redes sociais. Diante deste quadro de isolamento em decorrência do coronavírus, vejo que lives cumprem ainda mais o seu papel e nos manter conectados numa distância física que é aliviada pelos encontros virtuais”, destacou o vereador Evaldo Lima (PCdoB).


“Eu realizo, por exemplo, todas as noites de quinta-feira o programa ‘Dialogando’ ao vivo no Facebook, no qual recebo convidados para conversar sobre temas pertinentes no debate social. Durante a quarentena as edições estão sendo feitas todas por videoconferência, com a participação ativa do pessoal nas caixas de comentários, contribuindo para o diálogo. As lives são ferramentas agregadores de ideias, afetos e também plataformas poderosas para mobilização, por isso acho uma tendência que cada vez mais se consolida na comunicação de todos nós”, disse, ainda.


“Em tempo de pandemia a utilização das redes sociais tem sido maior, mais intensa, e a live é um canal de comunicação importante principalmente da classe política com a população. Eu, particularmente, tenho utilizado para levar informações, para tirar dúvidas sobre benefícios, para orientar a população, principalmente as pessoas em situação de vulnerabilidade, que têm tido mais dificuldade de acessar o benefício e que não têm conseguido trabalhar, não têm conseguido renda. Então eu acredito que é um canal extremamente importante e que deve ser utilizado após esse momento de pandemia”, reforçou o vereador Iraguassú Filho (PDT).


Fonte: O Estado

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001