06 de abril de 2020 às 18h04m
FIEC defende funcionamento parcial de setores essenciais da indústria

A Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) divulgou hoje (6/4) comunicado defendendo o retorno parcial das atividades essenciais da indústria

A Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) divulgou hoje (6/4) comunicado defendendo o retorno parcial das atividades essenciais da indústria, como a dos setores têxtil, de confecção, de alimentos, fármacos e químicos, para produção de insumos e equipamentos de proteção individual (EPIs) para suprir a demanda da sociedade e dos profissionais de saúde e hospitais.

O comunicado, assinado pelo presidente da FIEC, Ricardo Cavalcante, lembra que a federação tem acompanhado e contribuído com o Governo do Estado, de forma permanente, nas ações de enfrentamento ao coronavírus. A FIEC ressalta a responsabilidade com os trabalhadores das indústria e reforça o compromisso de seguir, ao lado do Estado, na busca por um diálogo consistente que leve a uma tomada de decisão coletiva, onde todos sejam beneficiados.


Fonte: Gerência de Comunicações - Sistema FIEC

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001