22 de março de 2020 às 17h44m
Campanha de vacinação: estarão abertos 113 postos de saúde e 200 escolas; idosos com mais de 80 anos receberão dose em casa

Vacinação em escolas e aplicação em domicílio constituem novas ações com o objetivo de atingir o máximo de pessoas da faixa etária de risco do Covid-19

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou, por meio de transmissão nas redes sociais realizada neste sábado, 21, novas medidas tomadas pela gestão para facilitar a realização da primeira fase da Campanha Nacional de vacinação contra a gripe, com foco nas pessoas acima de 60 anos. A imunização terá início nesta segunda, 23, e segue até 23 de maio.

Conforme as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), as iniciativas são medidas preventivas com relação ao Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Como informa a secretária de Saúde de Fortaleza, Joana Maciel, serão ampliados, exclusivamente para os idosos de 60 a 79 anos, os pontos de vacinação, para além dos 113 postos de saúde.

Duzentas escolas municipais, atualmente em recesso, serão utilizadas para a otimização da campanha. “É importante priorizar as escolas, uma vez que são ambientes mais amplos e as pessoas têm a oportunidade de se vacinarem sem ficarem aglomeradas”, disse.

Veja as escolas e os postos disponíveis, por regional, nos links:
Escolas:
https://www.fortaleza.ce.gov.br/images/2/21_03_2020_Escolas_para_apoio_vacina%C3%A7%C3%A3o.doc.pdf
Postos:
https://saude.fortaleza.ce.gov.br/postos-de-saude

Para a população acima de 80 anos, o Município disponibilizará equipes para realizar vacinação de idosos cadastrados em sua própria residência. Além dos nomes já cadastrados na base de dados dos usuários do programas Saúde da Família e Melhor em Casa, a SMS orienta que não precisa haver nenhum tipo de deslocamento até as unidades.

Caso o idoso ainda não possua cadastro, é possível entrar em contato com a Prefeitura pelo número de whatsapp (85) 99989.4799, encaminhando o nome completo do idoso, idade, endereço e contato de telefone. Uma equipe fará a visita para a aplicação da vacina.

A vacinação é uma forma de auxiliar os profissionais de saúde a obterem diagnósticos mais evidentes em relação ao Covid-19. A proteção da vacina e a consequente diminuição dos casos de influenza H1N1, H3N2 e Influenza B facilita o diagnóstico de possíveis casos de coronavírus em caso de sintomas gripais fortes.


Fonte: O Povo

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001