06 de março de 2020
Governo do Ceará e Unicef assinam acordo para políticas voltadas a crianças e jovens em situação de vulnerabilidade

Durante reunião com o governador Camilo Santana, representante do Unicef afirmou que o o Ceará tem exemplos a serem seguidos

Com o objetivo de promover os direitos essenciais de crianças e adolescentes, com prioridade em promover políticas públicas voltadas aqueles em situação de vulnerabilidade, o Governo do Ceará e o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) assinaram acordo de cooperação nesta quinta-feira (5), no Palácio da Abolição.

Na ocasião, o governador Camilo Santana e a Primeira-Dama Onélia Santana apresentaram à representante adjunta do Unicef para programas no Brasil, Paola Babos, os resultados positivos na educação do Ceará, e de seus programas sociais, como o Mais Infância Ceará.

“Minha primeira palavra é de agradecimento ao Unicef pela parceria. A educação é o grande caminho para a gente construir um estado mais justo e fraterno. Temos que olhar muito para as nossas crianças. Precisamos criar condições para que elas sejam estimuladas e tenham um futuro digno”, disse o governador.

Paola Babos também agradeceu a cooperação entre o Ceará e o Unicef, ao pontuar a importância dessa agenda praticada constantemente no estado. “Fiquei positivamente impressionada com os resultados apresentados pela Primeira-Dama, principalmente o projeto Mais Infância Ceará, com prioridade não apenas nas crianças, mas nas famílias mais vulneráveis. Ter números e saber onde investir melhor para ajudar as famílias mais vulneráveis é de extrema urgência, e nós temos isso aqui. Para o Unicef, o Ceará tem exemplos a serem seguidos”, pontua Paola.

Investimentos

O Governo do Ceará investe continuamente na educação, conforme apresentado para o Unicef. Seja em escolas em tempo integral (são 277 até o final do ano no estado), com capacitações e estudos extras, escolas profissionalizantes (122 operam no Ceará), que promovem cursos e formam novos profissionais, e também investe em um de Programa Bolsa Universitária para beneficiar alunos egressos da rede estadual de ensino aprovados em curso de nível superior, com o AvanCE – a partir de um edital, cada aluno pode ganhar uma bolsa de R$ 468,50/mês por 12 meses consecutivos.

“Importante também ver a referência em educação que o Ceará se tornou. São números positivos que estão colhendo após um bom investimento, principalmente o de reintroduzir crianças na escola. Para o Unicef são questões primárias, essenciais, e vamos acompanhar os projetos que promovem os direitos de crianças e adolescentes de todo o Ceará, pois é um interesse maior que temos em comum com o estado”, disse Paola.

“É uma alegria ver o reconhecimento de programas como o Mais Infância Ceará, o Superação, de ver resgates de crianças de adolescentes de volta às escolas, e ter essa chancela de aprovação do Unicef em nossos projetos”, comemorou Onélia.

O Unicef implantará seu escritório em Fortaleza para fazer o acompanhamento de projetos que promovam os direitos de crianças e adolescentes de todo o Ceará, incluindo os promovidos pelo Governo do Estado. Para isso está aberto a novos parceiros que queiram contribuir para a pauta de políticas exclusivas para crianças e adolescentes excluídos; políticas sociais para crianças vulneráveis e em risco de exclusão; prevenção e resposta contra a violência; e o engajamento e a participação na formação de cidadãos.

Estiveram presentes também o secretário Chefe da Casa Civil, Élcio Batista, a secretária da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres, Direitos Humanos e Drogas (SPS), Socorro França, e o coordenador do escritório da Unicef no Ceará, Rui Aguiar.


Fonte: Governo do Ceará

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001